• Jorge Talixa e Joel Balsinha

Vilafranquense muito perto de ficar na II Liga


A União Desportiva Vilafranquense vai aceitar o convite da Liga Portuguesa de Futebol para substituir o Cova da Piedade na próxima temporada da II Liga, depois do organismo que regula os campeonatos profissionais ter concluído que a formação da margem sul do Tejo não cumpriu os requisitos necessários.


A notícia foi recebida com “muita felicidade” pelos responsáveis da SAD do Vilafranquense, que prometem tratar de toda a documentação necessária nos próximos dias. O Cova da Piedade terá ainda dez dias para recorrer, mas não é crível que a Liga altere a sua posição. No final do campeonato passado,


em que terminou na penúltima posição a apenas um ponto da “salvação”, a SAD do Vilafranquense já manifestara o seu desagrado pelas perspectivas de manutenção de alguns clubes em situação “irregular” no que diz respeito ao cumprimento das suas obrigações financeiras.


Nessa situação estariam pelo menos dois emblemas da II liga e um da I Liga, o que levou o Vilafranquense a manter a esperança na continuidade no segundo escalão. Agora, na passada segunda-feira, a Liga distribuiu um comunicado onde anuncia que, aderindo às conclusões da Comissão de Auditoria


(composta por representantes da Liga, da Federação, da Associação Nacional de Treinadores e do Sindicatos dos Jogadores), decidiu “não admitir a candidatura da sociedade desportiva Clube Desportivo da Cova da Piedade -Futebol SAD a participar nas competições profissionais da época 202l-22”, porque


“não apresentou o respetivo processo de candidatura respeitante aos critérios legais e financeiros até ao dia 17 Maio”, não observando, assim, “a condição de apresentação expressa ou positiva de um processo de candidatura respeitante aos critérios legais e financeiros”. Nessas condições,


a Liga decidiu convidar a União Desportiva Vilafranquense Futebol SAD “a apresentar candidatura à participação na competição da Liga Portugal 2”, uma vez que “esta era a equipa mais bem classificada entre as despromovidas”. “É uma grande felicidade, foi uma notícia boa,


este convite e a nossa manutenção na II Liga. Manteve-se o 'fair play', que é um dos valores da Liga de clubes. Valeu a pena termos cumprido todos os pressupostos exigidos”, afirmou Osvaldo Vogues, líder da SAD do Vilafranquense, na própria segunda-feira, prometendo


“tratar de todo o processo relativo à presença na próxima edição da II Liga”. Ao que tudo indica, a equipa principal do Vilafranquense continuará a ser treinada por Carlos Pinto, mas passará por uma profunda remodelação do plantel.


Saiba mais nas edições impressas do Voz Ribatejana e da Vida Ribatejana


Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações