• Jorge Talixa

Vilafranquense conquista ponto em Coimbra


A União Desportiva Vilafranquense voltou a empatar na jornada 25 da II Liga, mas desta vez o ponto conquistado em Coimbra é bastante positivo. Frente a um dos mais sérios candidatos à subida à I Liga, a equipa de Vila Franca de Xira conseguiu segurar o empate a zero. Soma, agora, 24 pontos,


mas está mais ameaçada, porque adversários directos na luta manutenção como o Varzim e o Cova da Piedade ganharam fora. Na partida frente à Académica de Coimbra, a equipa ribatejana apresentou um onze com algumas adaptações porque está assolada com muitas lesões. Sem poder contar com jogadores como


Tiago Martins, Marco Grilo, Sparagna, Timbó, André Ceitil, Kady, Carlos Fortes e Evandro, o técnico Carlos Pinto fez entrar Eric Veiga no onze inicial e adiantou Vítor Bruno para a posição de extremo. Gonçalo Santos e André Dias voltaram a ser titulares, mas o segundo teve que ser substituído logo ao minuto 28, por lesão.


Entrou Vitinho, que protagonizou uma das melhores exibições, juntamente com Maringá, Jefferson e Diogo Pinto. A Académica foi superior, teve mais posse de bola, mas no primeiro tempo raramente criou perigo. O Vilafranquense respondeu com alguns ataques rápidos e foi mesmo Vítor Bruno a desperdiçar a melhor ocasião dos primeiros 45 minutos. Foi ao minuto 41, quanto o agora extremo ribatejano conseguiu isolar-se e,


à saída de Milka, atirou a rasar o poste. No segundo tempo, o domínio da Académica acentuou-se, sobretudo nos minutos finais, mas o Vilafranquense soube resistir e conquistar um ponto importante. Já na tarde do próximo sábado, a equipa de Vila Franca recebe o Mafra e precisa, seriamente, de pontuar.


Saiba mais nas edições impressas do Voz Ribatejana


Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações