• Jorge Talixa

Ogma tem acordo salarial para dois anos


A Ogma-Indústria Aeronáutica de Portugal concluiu, na semana passada, um acordo de revisão salarial com o Sindicato dos Trabalhadores Civis das Forças Armadas, Estabelecimentos Fabris e Empresas de Defesa (STEFFA's). De acordo com a estrutura sindical, o acordo prevê que, nos próximos seis meses, os salários praticados na empresa de Alverca beneficiem de aumentos de 5, 5 por cento.


A medida será aplicada aos cerca de 1600 funcionários da Ogma, com um primeiro aumento de 2 por cento com efeitos a 1 de Junho passado e um segundo aumento de 3, 5 por cento com efeitos a partir de 1 de Janeiro de 2023. O acordo, segundo o STEFFA's, prevê, igualmente, que a partir de 1 de Janeiro próximo o salário mínimo de entrada na Ogma passe para 890 euros, o que representa um “significativo impulso”, reconhece o sindicato, face aos actuais 752 euros.


“É certo que, no capítulo da actualização da tabela salarial, ficámos aquém daquilo que constava no caderno reivindicativo, mas não podemos deixar de valorizar o crescimento, que irá ocorrer nos próximo seis meses, de todos os salários na Ogma de 5,5%”, refere o sindicato, considerando que aumento de cerca de 138 euros no salário mais baixo praticado na empresa “faz, finalmente, o salário mínimo na Ogma descolar do Salário Mínimo Nacional, de forma visível, colocando-o também acima do patamar dos 850 euros, o que configura para nós o conquistar de importantes reivindicações”.


Saiba mais nas edições impressas do Voz Ribatejana


Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações