Alverca esteve na mira da ASAE


Uma operação da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) passou pelo concelho de Vila Franca de Xira. Noventa e sete operadores económicos foram fiscalizados de norte a sul do país, alguns dos quais na área da cidade de Alverca. Em causa estava o cumprimento das regras preventivas da pandemia.


De acordo com a ASAE, a operação nacional resultou na aplicação de 103 processos de contra-ordenação, dos quais 97 por incumprimento das regras estabelecidas no contexto da pandemia covid-19, numa ação de fiscalização a bares e discotecas. A ASAE tornou público que os atos inspectivos decorreram em Alverca,


Almeirim, Cartaxo, Entroncamento, Torres Novas, Santa Maria da Feira, Braga, Bragança, Figueira da Foz, Águeda, Covilhã, Ericeira, Seixal, Beja e Vilamoura. É necessário evidenciar, segundo os mesmos, que responsáveis de 23 estabelecimentos foram chamados à atenção por "falta de observância do dever de

verificação do certificado digital de testes Covid-19". Além destes, existiram outros quatro por falta de cumprimento do uso de máscara por parte de funcionário. Sobre o dever de apresentação e detenção de certificado digital COVID da União Europeia e teste negativo detectaram cerca de setenta clientes por falta


de observância. Foi detectada, também, a falsificação de certificado digital Covid-19 que levou à criação de um processo-crime por este mesmo motivo.


Saiba mais nas edições impressas do Voz Ribatejana


Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações