top of page
VozRibatejana.gif
CMB 252x115-2.jpg
Voz_Rib_178x66mm-01.jpg
  • Joel Balsinha e Jorge Talixa

Alverca equilibrou mas perdeu com Braga B


O primeiro jogo da fase de subida da Liga 3 não correu bem ao Futebol Clube de Alverca, que perdeu no terreno do SC Braga B (jogo disputado em Fão) por 2-1. A equipa ribatejana apresentou algumas novidades, com Pierre Sagna no onze inicial e Ricardo Dias e Miguel Pires a entrarem no segundo tempo.


A primeira parte revelou-se equilibrada, com o Alverca a ter menos espaço para sair a jogar, devido à pressão alta imposta pelos “Guerreiros”. Ainda assim, o alverquense Alysson dispôs da primeira oportunidade (9’), cabeceando a bola ao primeiro poste, valendo o corte para canto, também de cabeça, de Dinis.


Mas, nove minutos depois, o primeiro golo surgiu para os bracarenses, numa jogada de Nuno Cunha a desmarcar Chissumba, para o lateral cruzar rasteiro e atrasado, surgindo Mathys a encostar sem hipóteses para o guardião João Bravim.


O Alverca continuou a dividir o jogo com os minhotos, mas tinha dificuldades em criar perigo. No segundo tempo, a bola saiu do lado dos ribatejanos que tiveram logo a sua oportunidade aos 47 minutos com o remate inconformado do avançado João Costa. A bola saiu pela linha de fundo.


Novo remate na meia distância por Gonçalo Pinto aos 49. O FC Alverca estava por cima do encontro a esta altura. No entanto, foram mesmo os bracarenses que chegaram aos dois a zero com um golo de Kauan Kelvin aos 54 minutos. O cruzamento do luso-francês Mathys Jean-Marie que aproveitou a oportunidade.


O médio apareceu sem marcação e empurrou a bola para o fundo das redes. O guardião do Alverca ainda conseguiu defender uma primeira vez. mas de forma incompleta. O momento foi bem aproveitado pelos da casa para aumentar a vantagem no marcador.


As primeiras mexidas em campo foram dos alverquenses com as saídas de José Varela e Pierre Sagna para as entradas de Diogo Martins e Miguel Pires. As alterações produziram efeito, pois Khalid Hachadi teve oportunidade de reduzir o marcador aos 67 minutos.


O remate acabou por sair por cima da baliza dos bracarenses. O treinador João Pereira voltou a refrescar a equipa com as saídas de Gonçalo Pinto e Pedro Jesus substituídos por Ricardo Dias e Luiz Miguel aos setenta e dois minutos. O FC Alverca chegou mesmo ao golo por Alysson aos 77 minutos.


O seu primeiro golo na prova. O defesa correspondeu bem a uma sobra no interior da área para marcar. A defesa incompleta do guarda-redes Bernardo Fontes na sequência de um canto permitiu o golo. A partir daqui o Alverca galvanizou-se. João Pereira ainda trocou Khalid Hachadi por Rodrigo Freitas aos 85 minutos.


Aos noventa e dois minutos, Ricardo Dias do FC Alverca com um remate perigoso na entrada da área podia ter empatado a partida. A bola acabou por passar a escassos centímetros do poste esquerdo da baliza do Braga. E o resultado já não se alterou.


No próximo fim-de-semana, na segunda jornada desta fase final com oito equipas e catorze jornadas, o Alverca recebe o Atlético.

Saiba mais nas edições impressas do Voz Ribatejana


Comentarios


anuncio5.jpg
BRN3C2AF4C72910_038798-page-001_edited.jpg
Ver para topo quadrado ou sitio do Josal2.jpg
christmas-1089310_960_720_edited.jpg
Loja G Site VR-page-001.jpg
Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações

VOZ_ONLINE-178x66mm.jpg

VR Solidário

Colheita 16 de abril ESFC vs.jpg
bottom of page