• Jorge Talixa

GNR resgata 109 animais em Arruda


A Guarda Nacional Republicana desenvolveu, esta quarta-feira, nos arredores da vila de Arruda dos Vinhos, a uma operação de “resgate” de 109 animais de companhia, que estavam sem condições à guarda de uma mulher de 56 anos. A proprietária da casa e do terreno onde viviam 98 cães e onze gatos foi constituída arguida e o inquérito pela alegada prática de crime de maus tratos a animais de companhia vai decorrer no

Tribunal de Vila Franca de Xira. A operação foi liderada pelo Núcleo de Investigação de Crimes e Contraordenações Ambientais do Comando de Lisboa da GNR e resultou de uma investigação que já decorria há cerca de 2 meses. Nesse âmbito, os militares realizaram uma bisca domiciliária na localidade de Casal do Lapão, onde “foram

recolhidos, na totalidade, 109 animais de companhia, nomeadamente 98 cães e 11 gatos”, refere a GNR, explicando que “foi possível constatar que os animais viviam em más condições higienossanitárias, sem qualquer tipo de assistência médico-veterinária, encontrando-se a superfície do alojamento coberta de dejetos”. De acordo com a GNR,

os 109 animais recolhidos “foram sujeitos a triagem veterinária” e “entregues a várias associações para lhes serem prestados, não só cuidados médico-veterinários, como outras condições que proporcionem bem-estar animal”. A operação contou com o apoio do Município de Arruda dos Vinhos e de associações zoófilas.

Saiba mais na edição impressa de 11 de Dezembro do Voz Ribatejana

Tags:

Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações