Vilafranquense esteve muito perto do título

24/06/2019

Fotos de Carlos Moita Pedroso

 

A União Desportiva Vilafranquense ficou, este domingo, muito perto de conquistar o segundo título nacional de futebol sénior da sua história. A equipa ribatejana esteve a vencer a final do Campeonato de Portugal até nove minutos do fim do prolongamento, mas sofreu o empate e acabou por perder na marcação de grandes penalidades. A final, disputada no Estádio Nacional, juntou muitos vila-franquenses, que quiseram apoiar a equipa

que, na semana passada, garantiu uma subida inédita à II Liga. Frente ao Casa Pia, o Vilafranquense apresentou o mesmo onze da vitória frente à União de Leiria e entrou melhor na partida, trocando bem a bola e chegando com alguma facilidade à grande área adversária. As jogadas de perigo escassearam na primeira metade do jogo e foi já nos descontos que João Vieira esteve por duas vezes muito perto de inaugurar o marcador. No arranque do

segundo tempo, a toada de jogo manteve-se, com o Vilafranquense a revelar-se mais perigoso no ataque. E, ao minuto 57, quase a papel químico do jogo frente à União de Leiria, Luís Pinto marcou um livre, colocou a bola em Gustavo Tocatins que, ao segundo poste, devolveu a bola para a pequena área, onde Kelvin apareceu livre de adversários e, de cabeça, fez o 1-0. O Vilafranquense manteve o controle do jogo e o Casa Pia revelava algum

nervosismo. Mas ao minuto 79, depois de alguma distração motivada pela análise de um lance pelo vídeo-árbitro, o Casa Pia conseguiu chegar ao empate, com o capitão João Coito a subir mais alto e a bater Nelson Pinhão. As duas equipas preparam-se, então, para os 30 minutos de prolongamento e logo no primeiro minuto de tempo extra, numa boa jogada com Luís Pinto, Gustavo Tocantins atirou forte à entrada da área e fez o 2-1. Logo a seguir, Marco

Grilo esteve muito perto do 3-1, com uma bola cruzada a bater no poste contrário da baliza. Depois foi o Casa Pia a tentar reagir, sem criar grande perigo. E, ao minuto 111, foi novamente João Coito a desbloquear a partida para o Casa Pia, voltando a marcar de cabeça, desta vez na sequência de um livre. Com o empate a dois golos no final do prolongamento, o Vilafranquense enfrentou de novo um desempate por grandes-penalidades e desta vez foi

menos feliz. Morellato foi o primeiro a atirar, mas permitiu a defesa do guarda-redes do Casa Pia. Depois, Kelvin e Marco Grilo converteram, mas Luís Pinto também não conseguiu marcar, numa bola defendida também pelo guardião adversário. Os casapianos converteram todas as quatro grandes-penalidades que foram chamados a marcar e conquistaram, assim, o título do Campeonato de Portugal 2018/2019.    

    

Saiba mais na edição impressa de 03 de Julho do Voz Ribatejana    

 

Partilhar no Facebook
Partilhar no Twitter
Please reload

Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Please reload

Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site
Please reload

Contador de Visualizações

© 2017 por Voz Ribatejana. Todos os direitos reservados.

Informações

Voz Ribatejana - Quinzenário regional

Sede da Redacção e Administração: Centro Comercial da Mina, Loja 3 - Apartado 10040 / 2600-126 Vila Franca de Xira Telefone geral – 263 281329

Correio Electrónico: vozribatejana@gmail.com director.vozribatejana@gmail.com redaccao.vozribatejana@gmail.com comercial.vozribatejana@gmail.com
Proprietário: Jorge Humberto Perdigoto Talixa

Editor: Voz Ribatejana, Lda

Director: Jorge Talixa (carteira prof. 2126)

Editor Multimédia: Rui Miguel Ferreira Talixa

Redacção: Carla Ferreira (carteira prof. 2127), Joel Balsinha, Hugo Clarimundo, Jesus Lourenço, Hipólito Cabaço, Paula Gadelha (cart. prof 9865)

Área Administrativa e Comercial: Isabel Pinto, Júlio Pereira (93 88 50 664), Afonso Braz (93 66 45 773), Carlos Pinto (96 44 70 639)

Assinaturas: Portugal – 1 ano (24 números) 12 euros - Resto da Europa - 1 ano 40 euros Registo de Imprensa na ERC: 125978

Impressão: Coraze
Redacção: Centro Comercial da Mina, Loja 3 2600 Vila Franca de Xira - Telefone - 263 281 329 . Telemóvel - 96 50 40 300