Arruda investe 1,5 milhões no Bairro João de Deus

05/06/2019

O projecto de requalificação do Bairro João de Deus de Arruda dos Vinhos vai ser o primeiro a obter financiamento do programa nacional 1º. Direito. São 31 fogos de habitação social a desenvolver próximo da sede do Clube Arrudense. A cerimónia de assinatura dos acordos juntou, em Arruda, o ministro das Infraestruturas e da Habitação e os secretários de Estado da Habitação e das Autarquias Locais. Até final do primeiro semestre de 2021, os

 

habitantes das moradias do Bairro João de Deus deverão ter casas novas. André Rijo, presidente da Câmara de Arruda, começou por considerar que este é um acontecimento “histórico” na vida do concelho, porque finalmente são criadas condições para concretizar a ambição antiga de requalificar o Bairro João de Deus e porque se trata do primeiro acordo celebrado no país no âmbito do 1ª. Direito, programa lançado pelo Governo em 2018.

 

“Esta cerimónia não deixa, também, de marcar o empenho deste executivo da Câmara na resolução definitiva de um problema que já se arrastava há demasiado tempo e que conduziu à degradação daquele bairro e das condições de vida de quem ali reside”, vincou o autarca do PS, explicando que este acordo permite ao Município receber 443 mil euros a fundo perdido e ter acesso a um empréstimo com juros bonificados no mesmo valor”.

A Câmara terá, no entanto, que suportar cerca de 600 mil euros com fundos próprios. Para além dos fogos de habitação social, o projecto contempla, também, estacionamento, um anfiteatro ao ar livre, hortas comunitárias e um troço da rede ciclável do concelho. Ana Pinho, secretária de Estado da Habitação, descrita pelo ministro das Infraestruturas como a “autora” e principal responsável pelo desenvolvimento do 1º. Direito, explicou, aos

 

jornalistas, que o levantamento feito no último ano pelos municípios aponta para a necessidade de requalificar ou construir 25 a 26 mil fogos até 2024. Para esse fim, o Orçamento de Estado deverá disponibilizar cerca de 700 milhões de euros a fundo perdido (comparticipações de 30 a 90 por cento), mas o volume global de investimento previsto deverá ultrapassar os 1, 7 mil milhões de euros.

 

Saiba mais na edição impressa de 05 de Junho do Voz Ribatejana

 

Partilhar no Facebook
Partilhar no Twitter
Please reload

Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Please reload

Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site
Please reload

Contador de Visualizações

© 2017 por Voz Ribatejana. Todos os direitos reservados.

Informações

Voz Ribatejana - Quinzenário regional

Sede da Redacção e Administração: Centro Comercial da Mina, Loja 3 - Apartado 10040 / 2600-126 Vila Franca de Xira Telefone geral – 263 281329

Correio Electrónico: vozribatejana@gmail.com director.vozribatejana@gmail.com redaccao.vozribatejana@gmail.com comercial.vozribatejana@gmail.com
Proprietário: Jorge Humberto Perdigoto Talixa

Editor: Voz Ribatejana, Lda

Director: Jorge Talixa (carteira prof. 2126)

Editor Multimédia: Rui Miguel Ferreira Talixa

Redacção: Carla Ferreira (carteira prof. 2127), Joel Balsinha, Hugo Clarimundo, Jesus Lourenço, Hipólito Cabaço, Paula Gadelha (cart. prof 9865)

Área Administrativa e Comercial: Isabel Pinto, Júlio Pereira (93 88 50 664), Afonso Braz (93 66 45 773), Carlos Pinto (96 44 70 639)

Assinaturas: Portugal – 1 ano (24 números) 12 euros - Resto da Europa - 1 ano 40 euros Registo de Imprensa na ERC: 125978

Impressão: Coraze
Redacção: Centro Comercial da Mina, Loja 3 2600 Vila Franca de Xira - Telefone - 263 281 329 . Telemóvel - 96 50 40 300