Fuga de gás gera alarme em Alhandra

10/05/2019

Uma fuga do gás, alegadamente relacionada com uma obra pública em curso na Praça 7 de Março, alarmou a população de Alhandra durante a tarde de quarta-feira. As autoridades chamadas ao local, em conjunto com os bombeiros, evacuaram comerciantes, lojistas e residentes locais. Depois de uma intervenção da Lisboagás, a situação voltou à normalidade. A praça central de Alhandra está a beneficiar de obras de grande envergadura

 

promovidas pelos SMAS. Em causa está a substituição de condutas antigas de saneamento num investimento que ronda os 123 mil euros. "Devido às obras públicas, os funcionários com uma máquina a abrirem a rua romperam a conduta do gás natural. A nossa função e da Polícia de Segurança Pública foi balizar a área e evacuar as pessoas todas naquele raio. Fechámos as entradas e as saídas todas ao redor. Criámos um perímetro de segurança e

 

acionámos o piquete da Lisboagás para o local, que chegou ao fim de uma hora", explicou Sérgio Ferro, comandante da corporação local, que esteve presente com um veículo e mais três elementos dos Bombeiros Voluntários de Alhandra. O alerta para este acontecimento foi dado por populares pelas 15h17. O Voz Ribatejana teve conhecimento que o cheiro intenso a gás levou a que muitas pessoas, próximas da zona onde ocorreu este

acontecimento, abandonassem o posto de trabalho por temerem pela própria vida, porque o ar tornou-se “irrespirável”. A demora na resolução desta situação provocou preocupação, mas a mesma fonte indicou que não houve necessidade de transporte de ninguém para a unidade hospitalar de Vila Franca de Xira. "Eles andaram a detetar onde poderiam fechar, mas não tiveram sucesso, acabando por deslocar-se à conduta geral, que fica

 

próximo da linha-férrea. Logo que fecharam nesse ponto começou a diminuir a intensidade do cheiro e perdeu gás. Eles ficaram a reparar a conduta e, assim que eliminaram a fuga, retomou-se o normal funcionamento do largo, com as pessoas a regressarem aos estabelecimentos, à junta de freguesia, à farmácia e às suas habitações", adiantou Sérgio Ferro. 

 

Saiba mais na Edição impressa de 22 de Maio do Voz Ribatejana

 

Tags:

Partilhar no Facebook
Partilhar no Twitter
Please reload

Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Please reload

Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site
Please reload

Contador de Visualizações

© 2017 por Voz Ribatejana. Todos os direitos reservados.

Informações

Voz Ribatejana - Quinzenário regional

Sede da Redacção e Administração: Centro Comercial da Mina, Loja 3 - Apartado 10040 / 2600-126 Vila Franca de Xira Telefone geral – 263 281329

Correio Electrónico: vozribatejana@gmail.com director.vozribatejana@gmail.com redaccao.vozribatejana@gmail.com comercial.vozribatejana@gmail.com
Proprietário: Jorge Humberto Perdigoto Talixa

Editor: Voz Ribatejana, Lda

Director: Jorge Talixa (carteira prof. 2126)

Editor Multimédia: Rui Miguel Ferreira Talixa

Redacção: Carla Ferreira (carteira prof. 2127), Joel Balsinha, Hugo Clarimundo, Jesus Lourenço, Hipólito Cabaço, Paula Gadelha (cart. prof 9865)

Área Administrativa e Comercial: Isabel Pinto, Júlio Pereira (93 88 50 664), Afonso Braz (93 66 45 773), Carlos Pinto (96 44 70 639)

Assinaturas: Portugal – 1 ano (24 números) 12 euros - Resto da Europa - 1 ano 40 euros Registo de Imprensa na ERC: 125978

Impressão: Coraze
Redacção: Centro Comercial da Mina, Loja 3 2600 Vila Franca de Xira - Telefone - 263 281 329 . Telemóvel - 96 50 40 300