Esgoto no Rio Grande da Pipa preocupa Arruda

08/05/2018

Moradores de Arruda denunciam o esgoto que ainda corre nalguns pontos do troço do Rio Grande da Pipa que atravessa a vila. A Câmara garante que está atenta e que pretende intervir, provavelmente ainda este ano, porque a próxima abertura do Parque Urbano das Rotas exige uma melhoria da qualidade da água do rio. O problema foi colocado por dois munícipes na última sessão da Assembleia Municipal de Arruda dos Vinhos, que denunciaram alguns efluentes ainda despejados no troço do Rio Grande da Pipa que atravessa a vila.

 

O caso, segundo referiram, é mais notório na zona da ponte situada junto às antigas instalações da Agrocamprest e causa maus cheiros e alguma proliferação de insectos. A Câmara de Arruda reconhece o problema, garante que está atenta e que está a avaliar as possibilidades financeiras de investir cerca de 100 mil euros na melhoria das redes de saneamento naquela área. “Gostaria de saber se está em estudo alguma ideia para acabar com o esgoto que corre para o Rio da Pipa. Acho que se devia acabar com essas descargas de esgotos.

 

De Verão é impossível, com os maus cheiros, e está ali esgoto a correr no rio, junto às instalações do antigo Externato. Não é bonito ter esgoto a correr dentro da própria vila”, alertou Adelino Ramos. Também José Serafim, de 77 anos, alertou para o problema. Mora na zona e diz que chega a ter vergonha dos maus cheiros que se sentem também na sua casa. “É um mau cheiro que não se pode estar em casa. Desde as cheias de 1983 que aquele esgoto está partido a largar descargas para o rio. Gostava de saber por que é que não se faz uma reparação ali.

 

Estamos no fundo da vila e levamos com tudo em cima. Os esgotos têm um cheiro insuportável”, lamentou. André Rijo, presidente da Câmara de Arruda, reconhece que há problemas a este nível que a autarquia vai procurar resolver. Segundo referiu o edil, subsiste uma situação com origem na Avenida Afonso Henriques e na zona de São Lázaro. “Temos um orçamento para corrigir essa situação, com a substituição das condutas, que estavam dimensionadas para uma realidade que hoje não existe em Arruda.

 

Estamos a pensar incluir esta obra na empreitada do parque urbano, como trabalhos a mais, aproveitando os trabalhos que decorrem naquela zona. O investimento andará na casa dos 100 mil euros, vamos ter que fazer um esforço para que possamos integrar neste orçamento da Câmara essa intervenção, que nos parece absolutamente vital”, reconhece André Rijo, sublinhando que, com a futura abertura do Parque Urbano das Rotas, não faz sentido ter um parque público com 3 hectares e ao lado um rio com problemas de qualidade da água.

 

Saiba mais na edição impressa de 9 de Maio do Voz Ribatejana

 

Partilhar no Facebook
Partilhar no Twitter
Please reload

Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Please reload

Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site
Please reload

Contador de Visualizações

© 2017 por Voz Ribatejana. Todos os direitos reservados.

Informações

Voz Ribatejana - Quinzenário regional

Sede da Redacção e Administração: Centro Comercial da Mina, Loja 3 - Apartado 10040 / 2600-126 Vila Franca de Xira Telefone geral – 263 281329

Correio Electrónico: vozribatejana@gmail.com director.vozribatejana@gmail.com redaccao.vozribatejana@gmail.com comercial.vozribatejana@gmail.com
Proprietário: Jorge Humberto Perdigoto Talixa

Editor: Voz Ribatejana, Lda

Director: Jorge Talixa (carteira prof. 2126)

Editor Multimédia: Rui Miguel Ferreira Talixa

Redacção: Carla Ferreira (carteira prof. 2127), Joel Balsinha, Hugo Clarimundo, Jesus Lourenço, Hipólito Cabaço, Paula Gadelha (cart. prof 9865)

Área Administrativa e Comercial: Isabel Pinto, Júlio Pereira (93 88 50 664), Afonso Braz (93 66 45 773), Carlos Pinto (96 44 70 639)

Assinaturas: Portugal – 1 ano (24 números) 12 euros - Resto da Europa - 1 ano 40 euros Registo de Imprensa na ERC: 125978

Impressão: Coraze
Redacção: Centro Comercial da Mina, Loja 3 2600 Vila Franca de Xira - Telefone - 263 281 329 . Telemóvel - 96 50 40 300