Novo tribunal de 7, 7 milhões avança em Vila Franca

12/03/2018

O novo tribunal de Vila Franca de Xira deverá estar pronto em 2020, num investimento da ordem dos 7, 7 milhões de euros. Câmara de Vila Franca e Instituto de Gestão Financeira e de Equipamentos da Justiça (IGFEJ) celebraram, esta segunda-feira, um protocolo em que a autarquia cede o terreno no espaço da antiga Marinha e o Ministério da Justiça assume o compromisso de realizar a obra. A Câmara fica, ainda, responsável pela execução do projecto e pelos acessos ao novo edifício de justiça.

 

Ficou, igualmente, assumido que o antigo Palácio da Justiça, no centro da cidade, continuará a funcionar, mais vocacionado para a vertente criminal. A cerimónia de assinatura do protocolo foi presidida pela ministra da Justiça, que realçou a importância desta parceria, mas também a evolução muito favorável dos números de processos pendentes nos tribunais portugueses que, nos últimos dois anos, baixaram de 1, 36 milhões para pouco mais de um milhão.   

 

Joaquim Rodrigues, presidente do conselho consultivo do IGFEJ, reconheceu “as deficiências e constrangimentos que afectam o tribunal de Vila Franca de Xira, desde a falta de espaço do antigo Palácio da Justiça, à falta de condições para os funcionários e de espaços para os juízos trabalharem”. Depois de anos de sucessivas diligências, “foi encontrada a solução. O espaço das antigas escolas da Armada é um bom local e tem todas as condições para construir um novo tribunal”, realçou o responsável do IGFEJ.

 

Já Alberto Mesquita, presidente da Câmara vila-franquense, sublinhou que “este protocolo permite finalmente construir em Vila Franca de Xira um novo edifício destinado aos serviços de justiça, reunindo num único tribunal as secções de comércio, de trabalho, de família e menores e cíveis e mantendo os juízos criminais no centro da cidade. O Município de Vila Franca cede os terrenos e elabora o projecto de arquitectura, em conformidade com o protocolo agora assinado.

 

Caberá ao IIGFEJ a empreitada de construção deste novo tribunal”, explicou o edil vila-franquense, frisando que os estudos já realizados admitem duas opções, cabendo à tutela da justiça escolher a que considere mais adequada. Uma passa pela construção de um edifício de raiz no espaço da antiga messe do Grupo Nº. 1 das Escolas da Armada. A outra aponta para uma reabilitação de um antigo edifício desta unidade da Marinha.

 

Saiba mais na edição impressa de 14 de Março do Voz Ribatejana

 

Partilhar no Facebook
Partilhar no Twitter
Please reload

Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Please reload

Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site
Please reload

Contador de Visualizações

© 2017 por Voz Ribatejana. Todos os direitos reservados.

Informações

Voz Ribatejana - Quinzenário regional

Sede da Redacção e Administração: Centro Comercial da Mina, Loja 3 - Apartado 10040 / 2600-126 Vila Franca de Xira Telefone geral – 263 281329

Correio Electrónico: vozribatejana@gmail.com director.vozribatejana@gmail.com redaccao.vozribatejana@gmail.com comercial.vozribatejana@gmail.com
Proprietário: Jorge Humberto Perdigoto Talixa

Editor: Voz Ribatejana, Lda

Director: Jorge Talixa (carteira prof. 2126)

Editor Multimédia: Rui Miguel Ferreira Talixa

Redacção: Carla Ferreira (carteira prof. 2127), Joel Balsinha, Hugo Clarimundo, Jesus Lourenço, Hipólito Cabaço, Paula Gadelha (cart. prof 9865)

Área Administrativa e Comercial: Isabel Pinto, Júlio Pereira (93 88 50 664), Afonso Braz (93 66 45 773), Carlos Pinto (96 44 70 639)

Assinaturas: Portugal – 1 ano (24 números) 12 euros - Resto da Europa - 1 ano 40 euros Registo de Imprensa na ERC: 125978

Impressão: Coraze
Redacção: Centro Comercial da Mina, Loja 3 2600 Vila Franca de Xira - Telefone - 263 281 329 . Telemóvel - 96 50 40 300