• Jorge Talixa

Águas do Ribatejo inaugura ETAR e anuncia investimentos de 20 milhões


A empresa intermunicipal Águas do Ribatejo assinalou, esta quarta-feira, o seu 10.º aniversário com uma conferência sobre o sector e a inauguração de duas estações de tratamento de águas residuais (ETAR) em Samora Correia e em Benavente. Na oportunidade, os responsáveis da empresa anunciaram o lançamento de novas obras orçadas em cerca de 20 milhões de euros. Entre elas destaca-se a nova Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Samora Correia, cuja primeira pedra foi lançada também na quarta-feira, em cerimónia presidida pelo secretário de Estado do Ambiente.

Carlos Coutinho, presidente da Câmara de Benavente, realça a importância desta nova ETAR, uma vez que vai permitir desactivar duas antigas estações existentes na freguesia de Samora que já não respondem de forma adequada às necessidades de tratamento.

Ainda na quarta-feira foram inauguradas as ETAR da Murteira (Samora) e da Quinta do Papelão (Benavente). Francisco Oliveira, presidente da Câmara de Coruche e do conselho de administração da Águas do Ribatejo, salientou que estes investimentos inserem-se no esforço de recuperar o "défice de cobertura" em matéria de saneamento, uma vez que a região está "razoavelmente bem dotada" em termos de abastecimento de água.

O autarca adiantou, ainda, que prossegue "o namoro" com outros dois municípios da região -- Santarém e Golegã -, uma vez que a empresa tem capacidade para servir um universo entre os 200.000 e os 250.000 clientes, ganhando todos com a escala que a Águas do Ribatejo passaria a ter. A Águas do Ribatejo integra os municípios de Almeirim, Alpiarça, Benavente, Chamusca, Coruche, Salvaterra de Magos e Torres Novas e serve cerca de 150 mil habitantes.

Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações