CAP critica “inércia” do Governo nas medidas contra a seca

01/12/2017

O presidente da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) lamentou, na semana passada, em Benavente, a alegada “inércia” do Governo na aplicação de medidas que minimizem os efeitos da seca. Eduardo de Oliveira e Sousa, em declarações ao Voz Ribatejana, à margem da reunião do Conselho Consultivo do Ribatejo realizada em Benavente, admitiu que o sector “pode entrar em crise” se perdurarem estes efeitos da seca e se o Governo não tomar medidas que cheguem efectivamente aos agricultores.

 

“A seca tem uma dimensão e um impacto brutal no País inteiro, mas as medidas anunciadas em Junho pelo Governo, e que a CAP disse desde logo que deveriam ter sido anunciadas em Abril, ainda não estão a chegar aos agricultores e já estamos em Novembro. Há qualquer coisa que não entendemos”, sustenta Eduardo de Oliveira e Sousa. “A crítica que fazemos é de uma certa inércia na prossecução das medidas, que é necessário que cheguem a tempo e horas.

 

Há que tomar medidas no imediato e tomar também medidas já a pensar no ano que vem porque, pelos vistos, a seca não é um fenómeno que está para desaparecer, muito pelo contrário, está a tornar-se persistente e as medidas têm que ser tomadas com antecipação”, referiu.

 

O presidente da CAP diz que a Confederação tem apresentado propostas e que sabe que não pode pedir ao Governo que faça chover. Mas considera que há medidas como os prazos em que os animais podem ou não podem pastorear em determinadas áreas ou como certas culturas têm que seguir determinadas regras que podem e devem ser analisadas neste contexto de seca.

 

Partilhar no Facebook
Partilhar no Twitter
Please reload

Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Please reload

Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site
Please reload

Contador de Visualizações

© 2017 por Voz Ribatejana. Todos os direitos reservados.

Informações

Voz Ribatejana - Quinzenário regional

Sede da Redacção e Administração: Centro Comercial da Mina, Loja 3 - Apartado 10040 / 2600-126 Vila Franca de Xira Telefone geral – 263 281329

Correio Electrónico: vozribatejana@gmail.com director.vozribatejana@gmail.com redaccao.vozribatejana@gmail.com comercial.vozribatejana@gmail.com
Proprietário: Jorge Humberto Perdigoto Talixa

Editor: Voz Ribatejana, Lda

Director: Jorge Talixa (carteira prof. 2126)

Editor Multimédia: Rui Miguel Ferreira Talixa

Redacção: Carla Ferreira (carteira prof. 2127), Joel Balsinha, Hugo Clarimundo, Jesus Lourenço, Hipólito Cabaço, Paula Gadelha (cart. prof 9865)

Área Administrativa e Comercial: Isabel Pinto, Júlio Pereira (93 88 50 664), Afonso Braz (93 66 45 773), Carlos Pinto (96 44 70 639)

Assinaturas: Portugal – 1 ano (24 números) 12 euros - Resto da Europa - 1 ano 40 euros Registo de Imprensa na ERC: 125978

Impressão: Coraze
Redacção: Centro Comercial da Mina, Loja 3 2600 Vila Franca de Xira - Telefone - 263 281 329 . Telemóvel - 96 50 40 300