• Jorge Talixa

Vilafranquense com 10 conquista um ponto


A União Desportiva Vilafranquense conquistou, esta terça-feira, mais um ponto na II Liga, num jogo sofrido em que durante mais de 30 minutos esteve reduzida a 10 jogadores. A equipa de Vila Franca de Xira sentiu muitas dificuldades perante o Vizela, mas conseguiu empatar ao minuto 88,


por intermédio de Nuno Rodrigues, médio que se estreou nesta partida pelos ribatejanos. Em jogo da décima-sétima jornada da II Liga o Vilafranquense somou o oitavo empate (é a equipa que mais empata) e subiu ao 13º. lugar da tabela, com 17 pontos em 16 jogos.


A equipa ribatejana tem ainda um jogo em atraso (visita ao Cova da Piedade) e, já no próximo fim-de-semana, recebe o Benfica B. Tem, nesta altura, mais quatro pontos e menos um jogo que as equipas em lugares de descida. Não começou bem o jogo frente ao Vizela


(quarto da classificação e com quatro vitórias consecutivas), com os nortenhos a revelarem-se mais organizados e mais rápidos sobre a bola. No Vilafranquense registavam-se os regressos de Maringá, Diogo Coelho e Carlos Fortes e a estreia de Nuno Rodrigues. As oportunidades de golo escassearam,


mas Maringá lesionou-se e teve que ser substituído, ao minuto 35, por Tiago Martins. Já no segundo tempo a toada de jogo manteve-se até que, ao minuto 59, depois de uma perda de bola em zona defensiva, Diogo Izata fez falta, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Carregou ainda mais o Vizela,


o técnico João Tralhão fez três substituições ao minuto 62 para tentar reorganizar a equipa mas, quatro minutos depois, os vizelenses inauguraram mesmo o marcador por intermédio de Francis. Voltou a reagir João Tralhão com a entrada de Leandro Antunes e a equipa vila-franquense foi criando algum perigo.


Até que ao minuto 88, depois do Vizela ter gasto quase três minutos para fazer duas substituições, em jeito de “castigo”, o Vilafranquense conseguiu chegar ao empate. Tiago Martins marcou um livre a meio campo lançado a bola para a entrada da área, a defesa do Vizela rechaçou,


mas surgiu Nuno Rodrigues rematar colocado para o fundo da baliza. Um golo e um empate especialmente importantes para dar mais confiança à equipa ribatejana.


Saiba mais nas edições impressas do Voz Ribatejana


Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações