• Jorge Talixa

Trabalhadores da Exide reclamam aumentos


Trabalhadores da Exide, indústria de baterias da Castanheira do Ribatejo, promoveram greves parciais nos dias 22, 23, 26 e 27 e manifestaram-se, no exterior da empresa, na manhã da passada terça-feira. As acções de protesto visaram reclamar aumentos salariais. A administração da empresa propôs,


na última reunião negocial, um aumento de 25 euros mensais, mas sindicatos e trabalhadores consideram esse valor insuficiente. No dia 27, a concentração de trabalhadores contou com a participação da secretária-geral da CGTP, Isabel Camarinha, de Rogério Silva (coordenador da Fiequimetal) e de autarcas locais. Depois, os trabalhadores aderentes desfilaram até à rotunda da Estrada Nacional 1 que marca a entrada


norte da Castanheira, exigindo “salários justos” e “melhores condições de trabalho”. Segundo o Sindicato das Indústrias Eléctricas do Sul e Ilhas “a greve (duas horas diárias) provocou a paralisação total da produção e demonstrou que os trabalhadores estão disponíveis para lutar para alcançar os seus objectivos”.


Saiba mais nas edições impressas do Voz Ribatejana


Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações