• Jorge Talixa

PS confirma entendimento com a CDU em Benavente


A Concelhia de Benavente do Partido Socialista confirmou, este sábado, que “aceitou o entendimento que lhe foi proposto” pela CDU com o objectivo de assegurar a estabilidade da gestão dos órgãos autárquicos locais. Com este entendimento, os eleitos socialistas assumirão a presidência das assembleias de freguesia


de Benavente e de Samora Correia e o vereador Joseph Azevedo assumirá “vários pelouros” na gestão da Câmara benaventense. Este entendimento de gestão já se desenhava depois dos resultados das eleições de 26 de setembro, em que a CDU perdeu a maioria absoluta na Câmara de Benavente,


passando de quatro para três eleitos. O PSD foi a segunda força mais votada com dois vereadores e PS e Chega elegeram um vereador. Também na Assembleia Municipal a distribuição de mandatos por seis forças distintas obrigava a entendimentos para assegurar alguma estabilidade na gestão municipal.


Lembrando que ganhou as eleições para a Assembleia de Freguesia da Barrosa, que o PSD ganhou na Assembleia de Freguesia de Santo Estêvão e que a CDU foi a mais votada nas eleições para as freguesias de Samora Correia e de Benavente, para a Câmara e para a Assembleia Municipal,


a estrutura concelhia do PS admite que, “para governar em minoria são necessários acordos e consensos permanentes”. “Com exceção da Freguesia da Barrosa, nos outros locais não fomos nós a ganhar. Queríamos ter ganho, porque acreditamos que os nossos projetos tinham qualidade e os nossos


candidatos mais competências que os vencedores, mas o povo é soberano e fez a sua escolha que aceitamos democraticamente. Assim, para garantir a estabilidade autárquica e travar forças de bloqueio, em prol dos munícipes de Benavente que para nós estão sempre em primeiro lugar,


o PS aceitou o entendimento que lhe foi proposto”, explica António Rabaça Ribeiro, presidente da Concelhia do PS de Benavente, frisando que o partido assumirá, em consequência disso, as presidências das assembleias de Freguesia de Benavente e de Samora Correia, assim como um cargo de vereador,


com vários pelouros. O líder local socialista sublinha que esta proposta de entendimento “foi validada pela estrutura Nacional do PS e pela Comissão Política Concelhia e votada favoravelmente pelos militantes em reunião geral que decorreu esta semana”. “Queremos, pois, continuar a assegurar a estabilidade dos


executivos autárquicos e a propor as nossas ideias e os nossos programas, para o benefício das nossas terras e das nossas gentes. Somos um partido sólido e unido a nível local e nacional. Vencemos as eleições autárquicas de 2021, com mais Câmaras Municipais e mais Mandatos que os outros partidos.


Em 2025 apresentaremos de novo os nossos candidatos e os nossos projetos ao eleitorado, esperando então merecer o seu voto de confiança”, conclui a Concelhia do PS.


Saiba mais nas edições impressas do Voz Ribatejana


Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações