• Jorge Talixa

Carregado perde balcão do BPI


O balcão que o banco BPI tinha no Carregado foi encerrado no passado dia 31. As máquinas que funcionavam naquele espaço também já foram desactivadas. Os clientes da agência do BPI do Carregado são, agora, encaminhados para Alenquer ou Vila Franca e a vila carregadense, com perto de 20 mil


habitantes, está reduzida a três agências bancárias. O balcão do BPI na vila do Carregado foi formalmente encerrado a 31 de Março. Semanas antes, numa folha colocada na porta principal, os clientes foram informados da decisão e “encaminhados”, em caso de necessidade, para as agências do banco em


Alenquer e/ou Vila Franca de Xira. Trata-se de mais um passo na estratégia da maioria das instituições bancárias, que apostam na redução progressiva de balcões e do número de funcionários. Mas o Carregado, vila sede de uma união de freguesias com perto de 20 mil habitantes, fica, assim,

reduzido a apenas três agências bancárias - Montepio, Novo Banco e Santander-Totta. Um morador e comerciante na vila não esconde a sua revolta e estranha mesmo a decisão considerando que o balcão do Carregado do BPI “estava bem situado e tinha muito movimento”. Agora, “ficámos apenas com três bancos


no Carregado e vamos lá ver até quando”, alerta, considerando que a deslocação ao balcão de Alenquer do BPI só vai complicar a vida aos clientes. “O contexto no qual se inseriu a decisão de encerramento do balcão do Carregado incluiu outros balcões”, sustenta, por seu turno,


o BPI, em resposta ao Voz Ribatejana, frisando que compreende alguma “insatisfação” dos utentes, mas que “é intenção do Banco BPI continuar a prestar um bom acompanhamento da população, através de outros balcões”.


Saiba mais nas edições impressas do Voz Ribatejana


Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações