• Jorge Talixa

Marcha lenta exige obras na Nacional 3


Utentes da Estrada Nacional 3 (EN3) voltam a manifestar-se, na tarde do próximo domingo, contra a falta de medidas de reforço da segurança para quem circula no troço desta estrada que liga Azambuja ao Carregado. Organizada pela “Plataforma EN 3”, movimento de cidadãos “interessados em melhorar as condições de circulação” neste troço da EN3, a iniciativa tem início marcado para as 15h00, com uma marcha lenta entre as vilas de Azambuja e do Carregado. “Esta estrada tem sido fustigada por inúmeros acidentes, alguns com vítimas mortais, nomeadamente no troço entre Azambuja e o Carregado, onde se localizam inúmeras plataformas logísticas. Temos desenvolvido algumas ações para que o assunto possa ser resolvido ou pelo menos minimizado”,

sublinha a Plataforma EN 3, frisando que “a ação mais visível aconteceu no dia 15 de Maio, onde iluminámos com milhares de velas as bermas da estrada”. O movimento de cidadãos acrescenta que “algumas conversações têm acontecido entre os autarcas locais e a Infraestruturas de Portugal”, mas que “ainda não se chegou a nenhuma conclusão definitiva”. Por isso, entende que não deve “deixar esquecer este assunto” e vai assinalar o Dia Mundial das Vítimas da Estrada com esta marcha lenta de protesto. A iniciativa terá início, cerca das 15h00, junto às bombas de combustível do Intermarché de Azambuja, seguirá em direcção ao Carregado e regressa, depois, a Azambuja, onde culminará no Largo do Município.

Saiba mais na Edição impressa de 14 de Novembro do Voz Ribatejana

Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações