• Jorge Talixa

Vilafranquense perde frente ao líder Estoril


Foi uma partida discutida até aos últimos segundos, mas o Vilafranquense acabou por perder, com o Estoril-Praia por 0-1, em jogo da décima jornada da II Liga disputado na manhã deste domingo. A equipa de Vila Franca de Xira esteve perto de chegar ao empate e os estorilistas celebraram, no final,


os 3 pontos conquistados num jogo especialmente difícil. O Vilafranquense apresentou algumas novidades no onze inicial, com as entradas de Ruben Gonçalves e de Kady, numa tentativa de reforçar o meio-campo. O ataque ficou entregue a Carlos Fortes e Leandro Antunes e, nos primeiros minutos,


a equipa de Vila Franca repartiu o jogo com o Estoril (uma das equipas melhor apetrechadas do campeonato e o principal candidato à subida). Foi assim que Carlos Fortes, ao minuto 7, disfrutou da primeira oportunidade. Apareceu solto no interior da área e rematou à meia-volta,


mas a bola saiu à figura do guardião visitante, que agarrou com segurança. Pouco a pouco, o Estoril foi conseguindo mais posse de bola, mas sem criar perigo perante uma defesa de Vila Franca regularmente reforçada com o recuo do médio Jefferson. Ao minuto 25,


os visitantes protagonizaram uma jogada de perigo, com dois remates consecutivos, o segundo agarrado por Maringá. A segunda metade arrancou sem alterações nas duas equipas, mas logo ao minuto 49 o Estoril conseguiu inaugurar o marcador. Livre do lado esquerdo marcado por Crespo e Gamboa a aparecer sozinho


no meio da defesa vila-franquense e a desviar para o fundo das redes, sem hipótese de defesa para Maringá. Tentou reagir o Vilafranquense, mas o avanço da equipa ribatejana gerou mais espaços para o contra-ataque visitante. Ao minuto 60, um avançado do Estoril conseguiu isolar-se e, na saída, Maringá tocou-


lhe num pé, originando um cartão amarelo e uma grande-penalidade. Aziz foi chamado a marcar, mas Maringá “redimiu-se” e defendeu o remate do avançado estorilista, mantendo o Vilafranquense na luta pelo resultado. Até final, sucederam-se as substituições e a equipa de Vila Franca conseguiu empurrar mais o Estoril para zonas defensivas. Ao minuto 80, Vítor Bruno apareceu solto e atirou forte às malhas laterais,


mas a oportunidades de golo escassearam e o Estoril acabou por levar os 3 pontos do Estádio de Rio Maior. O Vilafranquense volta a jogar já na quarta-feira frente ao Sanjoanense, em partida em atraso da terceira eliminatória da Taça de Portugal. Quem vencer visita, depois, o Benfica.


Saiba mais nas edições impressas do Voz Ribatejana


Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações