• Jorge Talixa

Salvaterra adia Mês da Enguia para Maio


O tradicional “Mês da Enguia” de Salvaterra de Magos será, este ano, adiado para Maio, devido às restrições impostas pela pandemia da covid-19. A Câmara salvaterrense decidiu alterar as datas da principal campanha gastronómica do concelho, que tradicionalmente se realiza em Março,


e promete organizar um conjunto alargado de actividades paralelas de animação. A edilidade de Salvaterra de Magos salienta que, por tradição, o mês de Março traz sempre com ele o “Mês da Enguia” no concelho de Salvaterra de Magos, mas que, dado o contexto pandémico que atravessamos,


decidiu reprogramar a 25ª. edição da iniciativa para o período de 01 a 31 de Maio. Frisando que este é sempre um mês de particular relevância para a restauração e para a economia em geral do concelho de Salvaterra de Magos, a Câmara salvaterrense sublinha que o “Mês da enguia” consegue envolver, também,


“múltiplas e complementares áreas de negócio que vão da hotelaria ao artesanato, passando pelo alojamento, produtores de vinho, operadores turísticos, produtores agrícolas, entre outras”. Já a Feira Nacional de Artesanato e de Produtos Tradicionais que, normalmente, decorre no Mês da Enguia,


divulgando o artesanato e produtos do concelho e múltiplas regiões do país, não se realizará este ano. “A Câmara Municipal manterá, no Mês da Enguia, um conjunto de exposições associadas como habitualmente à identidade do concelho que serão oportunamente divulgadas,


assim como a demais componente programática cultural, que está em preparação e que será ajustada ao que o contexto pandémico permitir à data”, acrescenta Hélder Manuel Esménio, presidente da Câmara de Salvaterra de Magos.


Saiba mais nas edições impressas do Voz Ribatejana e da Vida Ribatejana


Tags:

Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações