• Jorge Talixa

Pressão obriga Hospital a “desviar” doentes da urgência


O Hospital de Vila Franca de Xira (HVFX) está, desde a manhã de segunda-feira, sem receber doentes transportados em ambulância na sua Urgência Geral de Adultos.


A medida foi tomada devido à afluência “muito elevada” de utentes e à falta de capacidade de internamento. Os doentes que solicitam transporte através do 112 ou das corporações de bombeiros são, assim,


“desviados” para outras unidades hospitalares da região. O Hospital vila-franquense espera regressar à “normalidade” até ao final do dia de terça-feira. “Desde as 9h00 de segunda-feira que a Urgência Geral de


Adultos do Hospital de Vila Franca de Xira está a receber apenas doentes que se apresentam por meios próprios, bem como doentes transportados pela VMER (Viatura Médica de Emergência e Reanimação”,


explica fonte oficial do Hospital de Vila Franca de Xira ao Voz Ribatejana, sublinhando que as urgências de Pediatria e de Obstetrícia continuam a “funcionar normalmente”. Esta medida (temporária)


de reencaminhamento de doentes é tomada em situações de grande pressão sobre os serviços como a vivida actualmente. O Hospital vila-franquense tem 52 pessoas internadas com covid-19,


o que também contribui para as dificuldades existentes, uma vez que a unidade hospitalar dispõe apenas de 320 camas de internamento. Nestas condições, o CODU (Centro de Orientação de Doentes Urgentes)


passa a encaminhar doentes dos cinco concelhos da área de influência do Hospital de Vila Franca para outros hospitais da região.


Saiba mais nas edições impressas do Voz Ribatejana e da Vida Ribatejana


Tags:

Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações