• Jorge Talixa

Juntas querem acesso às auto-estradas no Cabeço da Rosa


Juntas de freguesia dos concelhos de Arruda, Loures e Vila Franca de Xira assinaram, na quarta-feira, um documento conjunto em que apelam ao Governo e à Infraestruturas de Portugal para que avancem rapidamente com a construção de um nó de acesso às auto-estradas 9 e 10 na zona do Cabeço da Rosa.


Subscrito pelas juntas da União de Freguesias de Alverca e Sobralinho e das freguesias de Arranhó, S. Tiago dos Velhos e Bucelas, o documento considera esta obra fundamental para descongestionar o trânsito nos acessos ao nó de Alverca e no troço da Estrada Nacional 116 que liga esta cidade à vila de Bucelas.


A construção de um nó de ligação à confluência das auto-estradas 9 (Circular Regional Exterior de Lisboa, que liga Alverca ao Estádio Nacional) e 10 (Bucelas-Carregado), na zona do Cabeço da Rosa, está prevista no Plano Nacional de Investimentos (PNI) 2030, mas as juntas de freguesias de Alverca e Sobralinho,


Arranhó, S. Tiago dos Velhos e Bucelas defendem que o projecto urge e deve avançar no curto prazo. Para sustentar esta reivindicação, as quatro juntas de freguesia acrescentam seis razões fundamentais, frisando que a Estrada Nacional 116 tem um perfil sinuoso, especialmente entre Bucelas e Alverca,


e que existem nesta área várias zonas industriais servidas quase exclusivamente por esta via. Tendo em conta o fluxo de trânsito, especialmente pesado, que circula neste troço da EN 116 e o facto da maioria deste tráfego se dirigir ao nó de Alverca e à Estrada Nacional 10, “prejudicando gravemente o trânsito nas rotundas


de Alverca”, os presidentes das quatro juntas de freguesia mostram-se satisfeitos com a inclusão deste novo nó no PNI 2030, mas pedem celeridade na sua execução.


Saiba mais nas edições impressas do Voz Ribatejana


Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações