• Jorge Talixa

GNR desmantela rede e apreende cocaína e heroína


Nove suspeitos detidos e a apreensão de quantidades muito significativas de cocaína, heroína e cannabis foi o resultado da operação “Areia Branca” que a GNR desenvolveu no final da semana passada. Três dos detidos ficaram em prisão preventiva e os restantes saíram em liberdade obrigados a apresentações


bissemanais às forças de segurança. De acordo com o Comando de Santarém da GNR, no âmbito de uma investigação por tráfico de estupefaciente, liderada pelo Núcleo de Investigação Criminal de Coruche, que durava há três anos, “os militares da Guarda verificaram que os suspeitos dedicavam-se diariamente à


prática da atividade ilícita, provocando alarme social e receio na população local”. No decorrer da investigação “foi possível apurar-se ainda que a sua subsistência resultava exclusivamente do tráfico de estupefacientes, sendo este destinado à revenda e venda direta ao consumidor, nos concelhos de Cartaxo,


Salvaterra de Magos, Coruche, Santarém e Alpiarça”. A investigação culminou na operação “Areia Branca” que, nos dias 13 e 14 de janeiro, resultou na detenção de quatro homens e duas mulheres, com idades entre os 22 e os 57 anos. Residem nos concelhos do Cartaxo e de Salvaterra de Magos e, de acordo com a GNR,


são suspeitos de integrarem a rede de tráfico de estupefacientes agora desmantelada. A operação envolveu 112 militares, que deram cumprimento a quatro de mandados de detenção e a 12 mandados de buscas (cinco domiciliárias, cinco em veículos e duas em anexos). No decorrer das diligências foram, ainda,


identificados e “detidos em flagrante” mais três homens, com idades compreendidas entre os 30 e os 49 anos, “por tráfico de estupefacientes”, que estavam associados a esta investigação.


Saiba mais nas edições impressas do Voz Ribatejana


Tags:

Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações