• Jorge Talixa

Fazia-se passar por agente policial e vendia electrodomésticos


Um homem de 44 anos foi detido, na semana passada, por militares do Posto da GNR da Castanheira pela alegada prática de um crime de usurpação de funções. O detido procurava vender pequenos electrodomésticos na vila da Castanheira e tinha na sua posse um documento de identificação semelhante aos utilizados pelas forças de segurança. Foi presente ao Tribunal de Vila Franca de Xira,


que lhe aplicou a medida de coação de apresentações trissemanais no posto de segurança da sua área de residência. “Na sequência de uma denúncia a dar conta da existência de um indivíduo que se encontrava a vender pequenos eletrodomésticos, ao mesmo tempo que se identificava como membro das forças de segurança, os militares da Guarda deslocaram-se ao local onde localizaram o suspeito na via pública.


Ao ser abordado pelos militares, o homem identificou-se como elemento das forças de segurança, exibindo uma carteira profissional semelhante à utilizada pelas forças de segurança, com intenção de não ser fiscalizado”, refere o Comando Distrital de Lisboa da GNR, frisando que, na sequência da ação, “foi possível verificar-se que não se tratava de uma carteira profissional utilizada pelas forças de segurança,


tendo o suspeito sido detido”. No decorrer das diligências policiais, foi, igualmente, apurado que o suspeito tinha na sua posse diversos documentos e objetos, alegadamente “através do ilícito criminal”. Foram, assim, apreendidos um automóvel, um aspirador, uma máquina de barbear, uma televisão, 120 euros em dinheiro, diversos cartões bancários e uma licença de uso e porte de arma furtada.


Saiba mais nas edições impressas do Voz Ribatejana


Tags:

Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações