• Jorge Talixa

Cimpor cede espaço para campo de futebol do Alhandra


Câmara de Vila Franca de Xira e administração da Cimpor assinaram, esta segunda-feira, um protocolo, através do qual a empresa cimenteira cede o espaço onde funcionava uma pista de atletismo para a instalação de um campo relvado sintético e das respectivas infraestruturas de apoio,


que permitam ao Alhandra Sporting Club retomar a prática do futebol. A autarquia vai lançar o procedimento para a obra do sintético. O clube gostaria de o ter a funcionar em Dezembro, quando completa 100 anos de existência. No final da cerimónia, em declarações ao Voz Ribatejana, Alberto Mesquita,


presidente da Câmara de Vila Franca de Xira, afiançou que a autarquia vai fazer tudo para desenvolver rapidamente os procedimentos concursais necessários, mas admitiu que não consegue prever ser será possível ter o campo instalado até final do ano, até porque os trabalhos de colocação do sintético deverão


demorar quatro a seis semanas. Já Rui Maceira, presidente do Alhandra Sporting Club, observou, em resposta ao Voz Ribatejana, que a colectividade gostaria de poder começar a utilizar simbolicamente o novo relvado no início de Dezembro, altura em que o clube completa 100 anos de existência.

Na cerimónia propriamente dita, Luís Fernandes, administrador da Cimpor, sublinhou que este protocolo vai permitir a instalação de um campo sintético e das respectivas infraestruturas de apoio para a prática federada e não federada de futebol, para jogos oficiais e outros eventos e iniciativas.


“Com este acordo asseguramos a continuidade da prática desportiva do Alhandra Sporting Club, no que ao futebol de formação diz respeito. Este é um momento significativo para que os jovens possam ter uma estrutura devidamente equipada e com todas as condições”, frisou Luís Fernandes, sublinhando que,


no âmbito da sua política de responsabilidade social, a Cimpor procura “construir uma relação de proximidade com as comunidades locais. Isso faz parte do ADN da Cimpor e é um compromisso que assumimos na nossa política de responsabilidade social. Na Cimpor, a responsabilidade social e a relação


que mantemos com a população são uma questão de que não abdicamos e que procuramos reforçar permanentemente”, acrescentou o administrador da cimenteira, manifestando o desejo de que este novo campo seja sinónimo de vitórias e de títulos para o Alhandra.


Saiba mais nas edições impressas do Voz Ribatejana


Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações