• Joel Balsinha

Alhandra sagra-se campeão nacional de aquatlo


A equipa feminina do Alhandra sagrou-se campeã nacional de aquatlo na prova disputada, no passado fim-de-semana, na Amora (Seixal). Os atletas alhandrenses conquistaram, também, várias medalhas individuais no Nacional de Aquatlo e no Campeonato Nacional Jovem de Clubes de Triatlo. Ana Ramos sagrou-se vice-


campeã nacional de aquatlo e Inês Anastácio campeã nacional de cadetes. Já Luana Quaresma, também do ASC, foi vice-campeã no mesmo escalão e contribuíram para a vitória do clube do concelho de Vila Franca de Xira por equipas. Em femininos, o título de Campeões Nacionais de Aquatlo 2021 foi para Inês Oliveira


(Sporting), o de vice para Ana Ramos (Alhandra) e Joana Miranda (Clube de Natação de Torres Novas) ficou com o bronze. Por grupos de idades, dos 30 aos 34, Ana Filipa Sampaio, do ASC, foi terceira e décima em absolutos. Dos 45 aos 49, Susana Ferreira, do ASC, foi oitava e em absoluto na 52ª. Em masculinos,


Afonso Nunes foi quinto por grupo de idades dos 20 aos 24 e décimo em absolutos. Diogo Gonçalves alcançou a oitava posição e a décima-quarta da geral, enquanto Joaquim Cerqueira situou-se na décima-terceira e em vigésimo oitavo absoluto. Dos 25 aos 29, Nuno Ribeiro classificou-se em terceiro e vigésimo


segundo em absolutos. "Ao início estava nervoso, mas fiz a prova com tranquilidade. Gostei muito de viver a experiência e é para continuar", contou logo a seguir à prova Diogo Gonçalves ao Voz Ribatejana. As prestações de sábado determinaram que por equipas femininas Ana Ramos,


Inês Anastácio e Luana Quaresma fossem primeiras com 01h37m59s, seguidas pela equipa do CNATRIL Triatlo com mais 02m09s. Jorge Leitão, dirigente do Triatlo do Alhandra, transmitiu-nos de viva voz alguns dos principais feitos neste Campeonato Nacional Jovem de Clubes em Pré- Benjamins,


Benjamins e Infantis e de Iniciados e Juvenis, em que o Alhandra voltou a vencer, deixando em segundo o Benfica e em terceiro o Outsystems Olímpico de Oeiras. "Estamos a formar miúdos muito interessantes. Os treinadores têm feito um excelente trabalho na formação e não foi por acaso que fomos novamente


campeões nacionais jovens outra vez. Não éramos campeões faz três ou quatro anos, salvo erro. Era o Benfica. Este ano fomos nós de novo. Tivemos excelentes resultados. De infantis para cima estamos satisfeitos. Estamos ali com um défice em benjamins. Temos uma formação muito boa”,


salientou Jorge Leitão, vincando que, em elites, as duas melhores atletas estão lesionadas (a Gabriela Ribeiro e a Inês Rico) o que tem dificultado as provas em femininos principalmente. “Mesmo assim, com as cadetes conseguimos ser campeãs nacionais de clubes e com a Ana Ramos em Aquatlo”, frisou.


Saiba mais nas edições impressas do Voz Ribatejana


Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações