• Jorge Talixa

Alenquer é o concelho de maior risco na região


O concelho de Alenquer tem uma incidência de 738 casos de covid-19 por 100 mil habitantes nas últimas duas semanas e é, de acordo com os dados da Direcção-Geral de Saúde, o que apresenta maior risco de contágio na nossa região. Os dados divulgados esta segunda-feira colocam Alenquer e Santarém


(503 casos) no nível de risco “muito elevado”. Azambuja (475), Loures (470), Vila Franca de Xira (344), Salvaterra (324), Arruda (311) e Benavente (274) estão no nível de risco “elevado”. Estes dados, que vão influenciar as restrições impostas nas próximas duas semanas, colocam o Cartaxo e Sobral de Monte Agraço


como os dois únicos concelhos da região no nível mais baixo de risco (moderado). O concelho de Alenquer tem revelado um crescimento significativo dos números, com uma taxa de incidência de 431 casos por 100 mil habitantes a 2 de Dezembro, que subiu duas semanas depois para 672 e, agora, para 738.


Um registo que é dos mais elevados em toda a Região de Lisboa e Vale do Tejo. A União de Freguesias do Carregado e Cadafais é a mais afectada, com 88 casos activos, seguida por Olhalvo (42 casos activos), Alenquer (35) e Merceana (22). A Câmara de Alenquer anunciou,


entretanto, a conclusão de uma campanha de sensibilização em que a Protecção Civil Municipal distribuiu 6500 máscaras reutilizáveis produzidas por voluntários e folhetos sobre a sua correcta utilização.


Saiba mais nas edições impressas do Voz Ribatejana e da Vida Ribatejana


Tags:

Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações