• Jorge Talixa

Vilafranquense decide subida com União de Leiria


A União Desportiva Vilafranquense garantiu, no domingo, o apuramento para as meias-finais do play-off de subida à II Liga. A equipa de Vila Franca soube controlar o jogo no difícil terreno do Vizela, foi mesmo a primeira a marcar e esteve empatada até ao minuto 89. Nos últimos sete minutos, o Vizela marcou dois golos, mas o Vilafranquense levou a melhor. Ganhou em casa por 2-0, perdeu em Vizela por 3-1, mas o golo fora foi, neste caso, decisivo.

Agora, nas meias-finais, o Vilafranquense defronta a União de Leiria, que já conhece da Série C deste Campeonato de Portugal. O primeiro jogo disputa-se em Leiria já no próximo domingo e, no dia 16, a partida decisiva terá lugar no Campo do Cevadeiro. Quem levar a melhor neste confronto garante desde logo a subida à II Liga e vai disputar o título final do Campeonato de Portugal 2018/2019. A partida de domingo, em Vizela, começou com maior pressão

do Vizela, que procurava uma reviravolta, depois da derrota por 2-0 em Vila Franca. Mas foi o Vilafranquense o primeiro a criar perigo, com Tocantins a atirar ao poste logo aos dois minutos. As oportunidades de golo escassearam, o Vilafranquense apostava mais no contra-ataque e acabou por ser a equipa ribatejana a inaugurar o marcador, por intermédio de João Vieira, à passagem do minuto 30, num excelente remate cruzado. Um golo

que afectou de algum modo a equipa vizelense, ciente de que precisava de marcar quatro golos e de não sofrer mais nenhum para seguir em frente. Já em cima do intervalo, Zé Valente conseguiu o empate para o Vizela, na transformação de uma grande penalidade. Na segunda parte, os vizelenses acentuaram a pressão, conquistaram alguns livres perto da grande área do Vilafranquense, mas sem criarem grande perigo. Até que ao minuto 89,

André Soares rematou cruzado e Correia aproveitou um ressalto para fazer o 2-1. Ganhou alguma esperança a equipa de Vizela, mas foi Gustavo Tocantins que esteve perto de chegar ao empate. O avançado brasileiro do Vilafranquense aproveitou um mau passe de um defesa contrário, isolou-se, mas atirou fraco, permitindo a defesa de Rafa. O árbitro dera seis minutos de descontos, que prolongou por causa das substituições e, já o minuto 97,

Fall voltou a marcar, estabelecendo o 3-1 final. O jogo terminaria logo a seguir, com o Vilafranquense a garantir a passagem às meias-finais.

Saiba mais na edição impressa de 05 de Junho do Voz Ribatejana

Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações