• Jorge Talixa

Vilafranquense bate Leiria e Alverca perde nas Caldas


Sortes diferentes para as duas equipas do concelho de Vila Franca que disputam o Campeonato de Portugal na jornada deste domingo. O Vilafranquense conseguiu uma excelente vitória por 3-2 frente ao líder União de Leiria. O Alverca jogou no terreno do Caldas e perdeu por 1-0. A sete jornadas do fim, a Série C do Campeonato de Portugal está ao rubro, com os quatro primeiros separados por dois pontos. Na liderança seguem, agora, Anadia e

União de Leiria com 54 pontos. Logo a seguir vem o Vilafranquense com 53 e na quarta posição está o Benfica e Castelo Branco com 52. Sete finais em perspectiva até final da prova, com a equipa de Vila Franca a jogar quatro partidas em casa e três fora. Já o Alverca, depois de nove jogos consecutivos sem perder, cedeu, agora, nas Caldas, por 1-0, mas mantém-se acima da linha de água. Os alverquenses somam 31 pontos, mais dois do que o

Sertanense, que é o primeiro dos que estão abaixo da linha de descida. Na próxima jornada, no dia 31, teremos um Sertanense-Vilafranquense e um Alverca-Sintrense. O Anadia recebe o Caldas, o União de Leiria recebe o Torreense e o Castelo Branco visita o Oliveira do Hospital. O jogo deste domingo no Cevadeiro foi particularmente emotivo e o Vilafranquense conseguiu fazer uma excelente segunda parte. Na primeira metade, o União de Leiria

jogou em pressão alta e complicou muito a estratégia de jogo da equipa ribatejana. Ao minuto 38, depois de uma perda de bola a meio-campo, Carlos Daniel rematou forte de fora da área e fez o 0-1. Reagiu bem o Vilafranquense, mas o resultado manteve-se até ao intervalo. No segundo tempo, a equipa de Vila Franca de Xira surgiu bastante mais rápida sobre a bola e, perante um União de Leiria mais desgastado, dominou o jogo, criando

sucessivas jogadas de perigo. E o guardião leiriense também deu uma ajuda. Ao minuto 55, o médio Stehb atirou forte de fora da área, Wilson ainda tocou na bola, mas não impediu que entrasse na baliza rente ao poste esquerdo fixando a igualdade. Doze minutos depois, falha grave do guardião do União de Leiria, que falhou um corte de bola no extremo da área e permitiu que Gustavo Tocantins controlasse o esférico, torneasse um defesa e atirasse a

contar para a baliza deserta. Com vantagem no marcador, o Vilafranquense tranquilizou, passou a jogar mais em contra-ataque e, ao minuto 85, Luís Pinto fez o 3-1. Parecia tudo resolvido, mas num assomo de resposta, o União de Leiria reduziu no minuto seguinte por intermédio de Ernest. Até final, o Vilafranquense soube controlar a partida e segurar três pontos muito importantes na luta pelo acesso ao play-off da subida.

Saiba mais na Edição impressa de 27 de Março do Voz Ribatejana

Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações