• Jorge Talixa

Câmara abate eucaliptos e planta 40 amieiros


A Câmara de Vila Franca de Xira procedeu, na semana passada, ao abate, “por razões de segurança e de forma preventiva”, de oito eucaliptos existentes na área do caninho ribeirinho que liga Alhandra à sede de concelho. A autarquia justifica esta medida com a análise feita pelos seus serviços técnicos que concluíram que seria necessário abater estas árvores para prevenir eventuais acidentes que “colocassem em risco pessoas e bens”. Na mesma área, a Câmara vila-franquense assegura que, até final do ano, plantará 40 novos amieiros. A edilidade recorda que, no dia 21 de Abril, verificou-se a queda de um eucalipto de grande porte no Caminho Ribeirinho de Alhandra -Vila Franca de Xira que, ao embater num segundo eucalipto, “obrigou também ao seu abate”.

A análise técnica feita às duas árvores concluiu que “apresentavam bastantes fragilidades (podridão), conduzindo ao seu desequilíbrio”. Por isso, procurando acautelar “a segurança dos utilizadores e infraestruturas deste espaço público”, a edilidade analisou, também, os restantes exemplares ali existentes e “verificou que os mesmos não se encontravam nas devidas condições fitossanitárias, apresentando sinais de podridão ao nível do tronco e inclinação acentuada do tronco principal, circunstâncias que conduziram à decisão do seu abate”. O assunto foi abordado na penúltima reunião camarária, com o vereador Mário Calado (CDU) a questionar se este abate de mais oito eucaliptos estava relacionado com a queda verificada em Abril. “Questionamos também se foi feita alguma divulgação prévia desta medida,

porque achamos aconselhável que haja informação prévia nestas situações”, defendeu. “Nós não abatemos árvores por capricho, abatemos em duas circunstâncias, primeiro por em termos de saúde da árvore ser exigido que façamos esse abate para não acontecerem situações complicadas. Neste caso, os eucaliptos revelavam podridão, os eucaliptos têm esta particularidade de entrelaçarem as raízes e vamos abater os oito eucaliptos para prevenir o facto daqueles eucaliptos poderem cair sobre alguém que vá ali a passar e são muitas pessoas diariamente”, salientou o presidente da Câmara de Vila Franca de Xira, Alberto Mesquita, acrescentando que estes eucaliptos vão ser substituídos por árvores que os técnicos acreditam que não vão ter problemas nesta área ribeirinha.

Saiba mais na edição impressa de 31 de Outubro do Voz Ribatejana

Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações