• Jorge Talixa

Vila Franca já tem “Roteiro das Tertúlias”


O “Roteiro das Tertúlias” do concelho de Vila Franca de Xira foi apresentado, este domingo, no âmbito da iniciativa “Tertúlias na Rua”, que decorreu no Jardim Municipal Constantino Palha. Uma publicação com 48 páginas que destaca a importância do movimento tertuliano em Vila Franca de Xira e descreve a história e as dinâmicas de 39 das tertúlias vila-franquense que aderiram ao projecto.“As tertúlias são um factor absolutamente decisivo e importante para a afirmação da nossa cultura”, afirmou Alberto Mesquita, presidente da Câmara de Vila Franca de Xira na abertura da edição 2018 das “Tertúlias na Rua”.

Alguns chuviscos que se fizeram sentir na manhã de domingo não desmobilizaram os participantes e o convívio foi animado. Depois, o autarca de Vila Franca de Xira apresentou o novo “Roteiro das Tertúlias”, publicação que resulta de um trabalho conjunto entre a Associação das Tertúlias e a Câmara. “Este roteiro representa todas as tertúlias que quiseram aderir. Parece-me um trabalho muito interessante e que está muito bem conseguido”, salientou, agradecendo todo o envolvimento da Associação das Tertúlias. “Fica aqui um roteiro muito digno e muito bem conseguido em termos gráficos. Vamos deixar muitos exemplares para entregar às tertúlias, que os poderão distribuir por quem muito bem entenderem”,

observou Alberto Mesquita, sublinhando que a tiragem inicial é de 5 mil exemplares, mas que poderão ser feitos mais 5 mil, caso se revele necessário. A abertura desta edição do “Tertúlias na Rua” incluiu, também, uma homenagem a João Pinheiro Lopes, considerado o Tertuliano mais antigo de Vila Franca, que faleceu no passado dia 15. Em representação da família, os dois netos receberam placas de homenagem entregues pelas direcções da Associação de Tertúlias Tauromáquicas do Concelho de Vila Franca de Xira e da tertúlia “Os Almoçaristas” a que João Lopes pertencia.

Saiba mais na Edição impressa de 04 de Julho do Voz Ribatejana

Tags:

Contador de Visualizações