top of page
voz_ribatejana_25abril_comemor.municip.27x4cm.jpg
festival-arroz-carolino-2024.png
XiraSoundFest24_Voz Ribatejana_17,8x6,6cm(1).jpg
  • Foto do escritorJorge Talixa

Vila Franca faz levantamento dos prejuízos do mau tempo


O Município de Vila Franca de Xira está a fazer um levantamento dos prejuízos causados pelas chuvas intensas dos últimos dias e alerta para a previsão de mais chuva forte nos próximos dias, sobretudo na sexta-feira. A edilidade realça que o concelho não foi tão afectado como outros municípios vizinhos e que na resposta às várias situações estiveram envolvidas 178 viaturas e 477 operacionais dos bombeiros, protecção civil, forças de segurança e serviços autárquicos.


A CDU defende a realização de uma reunião extraordinária para avaliar o levantamento dos danos e dos prejuízos causados pelo meu tempo e definir medidas de apoio ao comércio, empresas e famílias afectadas. O executivo PS assegura que está a fazer esse levantamento e que tem o compromisso do Governo de que os municípios da região de Lisboa serão apoiados nos trabalhos de recuperação/reabilitação de infra-estruturas.


Todos os partidos representados na Câmara manifestaram solidariedade com os mais afectados e realçaram o trabalho de socorro desenvolvido no concelho. Fernando Paulo Ferreira, presidente da edilidade vila-franquense, sublinhou que será preciso restaurar algumas infra-estruturas de drenagem danificadas pela quantidade anormal de chuva que caiu.


Nuno Libório, vereador da CDU, apontou os problemas registados em Santa Sofia, Alfarrobeira e Granja de Alpriate e nas escolas Sousa Martins e EB 2.3 de Vialonga e, sobretudo, os prejuízos causados pelas inundações na Rua da Estação, em Alverca. Ana Afonso, vereadora da Coligação Nova Geração, quis saber se a Câmara tem novos investimentos programados para a drenagem da zona baixa de Alverca.


Fernando Paulo Ferreira lembrou que houve muitos investimentos nos últimos anos nas questões da drenagem e que as estruturas construídas conseguiram absorver uma boa parte da pluviosidade, minimizando as suas consequências. “Houve situações em que não era possível drenar completamente, mesmo nessa zona da baixa de Alverca, que teve alguns episódios de inundação que, noutras alturas, eram situações correntes.


Felizmente não aconteceram situações mais graves, assim como também não aconteceram na baixa de Alhandra as situações que aconteciam antes, devido às intervenções que fizemos no rio de Santo António”, referiu o edil, alertando, no entanto, para a necessidade de manter uma atitude de precaução nos próximos dias.

Saiba mais nas edições impressas do Voz Ribatejana


Comments


300x250px_banner.png
15 Caminhada Amor do Peito-page-001-2.jpg
Ver para topo quadrado ou sitio do Josal2.jpg
christmas-1089310_960_720_edited.jpg
Loja G Site VR-page-001.jpg
Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações

VOZ_ONLINE-178x66mm.jpg

VR Solidário

Cartaz 24 de maio vs.jpg
bottom of page