top of page
banner_178 x66 mm_Voz Ribatejana_compressed-page-001_edited.jpg
festival-arroz-carolino-2024.png
XiraSoundFest24_Voz Ribatejana_17,8x6,6cm(1).jpg
  • Foto do escritorJorge Talixa

Um ano à espera para obra da E-Redes em bairro de Alverca


Três ruas da urbanização do Pinhal das Areias, na União de Freguesias de Alverca e Sobralinho, não têm iluminação pública e nem sequer candeeiros instalados. A obra foi adjudicada pela Câmara de Vila Franca de Xira, há quase um ano, à E-Redes, mas nunca avançou.


Depois de várias vicissitudes a autarquia teve que adjudicar novamente a intervenção à E-Redes. Os moradores de três ruas da urbanização do Pinhal das Areias estão revoltados com a demora na instalação da iluminação pública prometida há anos.


A responsabilidade é da Câmara de Vila Franca de Xira, mas o processo não tem corrido bem. A autarquia adjudicou a intervenção à E-Redes no passado mês de Maio, mas as obras nunca avançaram. A E-Redes acabou por alegar que adjudicação caducara e a Câmara foi obrigada a lançar um novo procedimento que culminou, agora, com uma nova adjudicação à mesma empresa.


“A colocação de iluminação pública é da responsabilidade das câmaras municipais e esta Câmara alheia-se sistematicamente da resolução destas situações. Nem mesmo os sucessivos furtos às moradias, muitos deles potenciados pela falta de iluminação pública, a fazem mudar de ideias.


Parece que só as urbanizações ‘com nome vistoso’ conseguem ver os seus problemas resolvidos”, lamenta Rui Fernandes, um dos moradores da urbanização, situada próximo do nó de acesso à Auto-estrada em Alverca. “A falta de iluminação pública é um fator potencializador de insegurança, levando a que a coberto da escuridão tenham ocorrido pelo menos quatro furtos a moradias em construção e já construídas.


Além desta situação, sobretudo a Rua do Areal, a rua mais escura, é local de paragem e permanência de diversas viaturas durante o período noturno, cujos ocupantes para ali vão consumir produtos estupefacientes ou realizar encontros amorosos”, sublinha.


“Várias pessoas se queixam da situação, mas por uma razão ou outra, conformam-se com estes atrasos e inoperância da Câmara, que age nesta situação com a ligeireza de quem não sofre os problemas na pele”, lamenta Rui Fernandes.


Já a Câmara de Vila Franca de Xira, em resposta ao Voz Ribatejana, esclarece que “efetuou uma nova adjudicação à E- Redes para a execução de trabalhos de instalação de equipamentos IP – Iluminação Pública, nas ruas do Areal e do Rio Seco, tendo sido já emitido também um Edital pelo Município de Vila Franca de Xira a autorizar a execução dos trabalhos e o condicionamento de trânsito”.


Assegurando que “já reforçou junto da E-Redes a urgência da execução destes trabalhos”, a Câmara vila-franquense sublinha que “devem decorrer no período entre 28 de março e 25 de junho de 2023 (datas apresentadas pela E-Redes)”.


Saiba mais nas edições impressas do Voz Ribatejana


Comments


03_Eleicoes_Europeias_Imprensa_Digital_Regional_300x250.jpg
15 Caminhada Amor do Peito-page-001-2.jpg
Ver para topo quadrado ou sitio do Josal2.jpg
christmas-1089310_960_720_edited.jpg
Loja G Site VR-page-001.jpg
Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações

VOZ_ONLINE-178x66mm.jpg

VR Solidário

Cartaz 24 de maio vs.jpg
bottom of page