• Joel Balsinha

Triunfo em Torres Vedras reforça liderança do Alverca


O Futebol Clube de Alverca ganhou, na tarde de quarta-feira, no terreno do Torreense e reforçou a liderança da Série F do Campeonato de Portugal. Uma vitória apertada, por 2-1, com o golo do triunfo a surgir ao minuto 83. Com este resultado, o Alverca alargou para quatro pontos a vantagem sobre o Torreense, que tem menos um jogo disputado. As duas equipas voltam a jogar, agora em Alverca, no início de Abril.


Já na próxima segunda-feira, o Alverca visita o Caldas. Uma vitória importante do Alverca frente ao adversário direto do Torreense. As duas equipas lutam pela cesso ao play-off de subida à II Liga e o Torreense foi o primeiro a marcar, por intermédio de Silas, ao minuto 26. Masmos alverquenses conseguiram a reviravolta, com golos de Rui Pereira ao minuto 37 e David Dinamite aos 83m.


Foi um jogo muito mastigado a meio campo, com troca de bola entre as equipas, com tentativas de aceleração de parte a parte sem grande preocupações para os guardiões. Aos nove minutos, Rui Pereira rematou com algum perigo. Nos seis minutos seguintes, o Torrense subiu no terreno e um cruzamento encontrou o remate de Filipe Andrade, que levou a bola a passar por cima e ao lado da baliza ribatejana.


As oportunidades começaram a surgir para os dois lados. Uma tentativa de colocação de bola em profundidade no ataque alverquense levou a que o guarda redes Marcelo Valverde despachasse a bola da sua área, o que apanhou desprevenida a defesa ribatejana, com a bola a bater nas suas costas e a ficar na posse de Filipe Andrade que, na cara de José Costa, remata forte com a bola a embater com estrondo na


barra e a sobrar para Silas que limitou-se a empurrar para o interior da baliza aos vinte e seis minutos. O Alverca reagiu bem e, nos minutos seguintes, quase marcou por Ricardo Rodrigues, depois de um cruzamento de Jefferson Nem. Os ânimos aqueceram dentro de campo. Os visitantes não desarmaram em Torres Vedras e através de um pontapé de canto de Felipe Ryan e alguma confusão no interior da pequena


área, Rui Pereira aproveitou para marcar o golo do empate aos 37 minutos. O resultado não se alterou até ao final da primeira parte. O arranque do segundo tempo trouxe um Alverca a tentar recuperar segundas bolas e a aproveitar os erros dos adversários para chegar ao golo. A insistência premiou os jogadores liderados por Rui Pereira que através de um novo cruzamento de Felipe Ryan e com um primeiro afastamento de Zezinho


que deixou a bola no peito de Ricardo Rodrigues com a bola a embater na muralha defensiva e a sobrar para o defesa David Dinamite, que marcou o seu primeiro do encontro e o segundo para o Alverca aos 83 minutos. Estava feita a reviravolta no marcador. A partida teve ainda mais quatro minutos para além do tempo regulamentar. Nesse período o Torrense procurou o empate até ao cair do pano, mas não conseguiu marcar.

Saiba mais nas edições impressas do Voz Ribatejana e da Vida Ribatejana


Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações