top of page
VozRibatejana.gif
Mes Enguia.jpg
Voz_Rib_178x66mm-01.jpg
  • Foto do escritorJorge Talixa

Só quatro das 60 vagas para médicos foram preenchidas


O “grande” concurso para contratação de novos médicos de família lançado, no início de Maio, pelo Ministério da Saúde, terá resultado na contratação de mais de 300 médicos, mas apenas quatro vão trabalhar nos centros de saúde da nossa região, a mais afectada do País pelo problema da falta de médicos.


Quer isto dizer que das 60 vagas abertas para a área do Agrupamento de Centros de Saúde do Estuário do Tejo só quatro foram preenchidas e que a Unidade de Saúde de Alhandra continua sem médicos.


Das 60 vagas abertas para colocação de novos médicos de família nos centros de saúde dos concelhos de Alenquer, Azambuja, Benavente e Vila Franca de Xira apenas quatro foram preenchidas na sequência do concurso lançado, em Maio, pelo Ministério da Saúde.


Em resposta ao Voz Ribatejana, a Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) explica que dois destes médicos já estão em funções e que os restantes dois começarão a trabalhar em Julho e Agosto, respectivamente.


Os quatro novos médicos vão integrar as unidades de saúde de Alenquer, Azambuja, Forte da Casa e Póvoa de Santa Iria, adiantou a ARSLVT ao Voz Ribatejana.


Mas isto significa, também, por um lado que a Unidade de Saúde de Alhandra vai continuar sem nenhum médico colocado, como já acontece desde final de Dezembro. E que 93 por cento das vagas abertas para esta região ficaram por preencher e, ao que tudo indica, sem candidatos interessados.


A área do Agrupamento de Centros de Saúde (Aces) do Estuário do Tejo continua a ser a mais afectada do País pela falta de médicos de família, com 44, 7 por cento dos seus 240 mil utentes inscritos sem médico atribuído.


O número de utentes sem médico continuou a agravar-se nos últimos meses e subiu, no final de Maio, para 106 591. Também em Maio, o grande concurso lançado pela Autoridade Central do Sistema de Saúde (ACSS) abriu 60 vagas para esta região, 30 para o concelho de Vila Franca de Xira e outras 30 para os concelhos de Alenquer, Azambuja e Benavente.


No concelho de Vila Franca abriram-se vagas para as unidades de saúde de Alhandra (6), Forte da Casa (10), Póvoa de Santa Iria (7) e Vila Franca de Xira (7). E para os concelhos vizinhos abriram-se vagas para os centros de saúde de Alenquer (9), Azambuja (9), Benavente (6) e Carregado (6).


Só que, constata-se agora, quatro destes centros de saúde não vão receber mais nenhum médico, são os casos de Alhandra, Benavente, Carregado e Vila Franca. E os restantes quatro centros de saúde deverão receber um médico cada um.


Saiba mais nas edições impressas do Voz Ribatejana e da Vida Ribatejana


CL24_BannerVR_84x135mm (1).jpg
Eleicoes_Imprensa_Digital_Regional_Mrec_300x250_VÁRIOS.jpg
Ver para topo quadrado ou sitio do Josal2.jpg
christmas-1089310_960_720_edited.jpg
Loja G Site VR-page-001.jpg
Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site
VOZ_ONLINE-178x66mm.jpg

Contador de Visualizações

VR Solidário

Cartaz Colheita PSIRIA2mar24.jpg
bottom of page