• Jorge Talixa

PS celebra vitória alargada na região


O Partido Socialista manteve as câmaras de Vila Franca de Xira, Alenquer, Arruda dos Vinhos, Azambuja e Salvaterra de Magos e foi o principal vencedor da noite eleitoral na região, conquistando também todas as seis juntas de freguesia do concelho de Vila Franca de Xira. A CDU manteve Benavente (perdeu a maioria absoluta) e Sobral de Monte Agraço e o PSD conquistou o Cartaxo ao PS. Em Vila Franca de Xira,


a noite foi de festa para os socialistas, primeiro com a confirmação sucessiva das vitórias nas juntas de freguesia (quatro perdidas pela CDU) e, depois, com os triunfos claros na Câmara e na Assembleia Municipal. Na primeira a maioria é relativa, mas houve duvidas até final sobre a possibilidade da maioria absoluta. Na Assembleia Municipal a maioria do PS será mesma absoluta,


também graças aos seis presidentes de junta eleitos – Mário Cantiga, Cláudio Lotra, Mário Batista, Ana Cristina Pereira, João Tremoço e João Rodrigues dos Santos. A festa foi feita no Largo da Câmara, onde o novo presidente da Câmara, Fernando Paulo Ferreira sublinhou que “foi uma vitória histórica, uma vitória em toda a linha. Nunca tínhamos ganho a Câmara, a Assembleia Municipal e todas as juntas de freguesia”,


frisou. Em declarações ao Voz Ribatejana, Fernando Paulo Ferreira revelou que sua primeira medida na Câmara será avançar com a elaboração de um plano de arborização do concelho, porque o combate às alterações climáticas será uma das suas principais preocupações. E considerou que este resultado é fruto do trabalho que o PS tem feito na Câmara desde 1998, da campanha e do programa eleitoral agora

apresentado aos quase 114 mil eleitores do concelho. O PS somou 40 102 votos, que correspondem a 39, 59 por cento e manteve os cinco eleitos na Câmara. A CDU foi a grande derrotada da noite, perdendo um vereador (desceu de quatro para três) e perdendo também as quatro freguesias que governava. Já a Coligação Nova Geração (PSD/CDS-PP/PPM/MPT) registou uma subida de cerca de 1, 5


por cento e recuperou o segundo vereador que perdera em 2017. Novidade maior foi o Chega que, com 8, 5 por cento dos votos, elegeu um vereador para a Câmara de Vila Franca de Xira. De fora ficou o Bloco de Esquerda, que obteve cerca de 6 por cento dos votos e perdeu o vereador que elegera há quatro anos.


Na região, o PS reforçou a maioria absoluta em Alenquer e manteve a maioria absoluta em Arruda. Em Benavente, a CDU voltou a vencer, mas perdeu a maioria absoluta.


Saiba mais nas edições impressas do Voz Ribatejana


Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações