top of page
banner_178 x66 mm_Voz Ribatejana_compressed-page-001_edited.jpg
Voz Ribatejana_178mmX66mm_Passerelle2024_Prancheta 1.jpg
Banner Festas Alverca.png
  • Foto do escritorJorge Talixa

Pressão sobre as urgências aumenta em Vila Franca


A procura das urgências do Hospital de Vila Franca de Xira tem aumentado nas últimas semanas, por diversos motivos associados às doenças respiratórias, à pandemia e à falta de capacidade de resposta noutros hospitais da região.


O Voz Ribatejana sabe, todavia, que não há registo, até ao momento, de médicos do Hospital vila-franquense que tenham apresentado documentos de escusa de responsabilidade e de recusa de realização de mais de 150 horas de trabalho extraordinário nas urgências.


Esse tem sido o cenário em vários hospitais de diversas regiões do país e, de acordo com estruturas sindicais, serão já mais de 2000 os médicos que formalizaram a recusa de fazerem mais de 150 horas de trabalho extraordinário por ano.


Como consequência hospitais como o Beatriz Ângelo (Loures) e o de Santarém estão com sérias dificuldades para compor as escalas nalgumas especialidades das urgências. Os utentes dessas áreas acabam por ser encaminhados para outras unidades hospitalares e uma parte significativa tem Vila Franca de Xira como a alternativa mais próxima.


Fonte hospitalar assegura que ainda não foi necessário solicitar ao CODU (Centro de Orientação de Doentes Urgentes) o reencaminhamento para outros hospitais de utentes da área de influência do Hospital de Vila Franca transportados em ambulância, mas que a afluência ainda mais elavada do que o habitual já obrigou, nalguns momentos, a solicitar o “desvio” de utentes de hospitais vizinhos que poderiam ser canalizados para Vila Franca.


O aproximar do Inverno (época de maior procura das urgências) está a gerar muita preocupação e o Governo promete tomar medidas, em articulação com a Direcção Executiva do Serviço Nacional de Saúde.


Fala-se em eventuais modelos de rotatividade de funcionamento das urgências hospitalares na Região de Lisboa, mas o ministro Manuel Pizarro já assegurou que isso não fará sentido se os utentes tiverem que ser “desviados” hospitais muito distantes.


Saiba mais nas edições impressas do Voz Ribatejana


コメント


03_Eleicoes_Europeias_Imprensa_Digital_Regional_300x250.jpg
Romaria Alcame-2.jpg
Ver para topo quadrado ou sitio do Josal2.jpg
christmas-1089310_960_720_edited.jpg
Loja G Site VR-page-001.jpg
VOZ_ONLINE-178x66mm.jpg

VR Solidário

15jun24 Colheita de Sangue Alhandra.jpg
Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações

bottom of page