top of page
voz_ribatejana_25abril_comemor.municip.27x4cm.jpg
festival-arroz-carolino-2024.png
XiraSoundFest24_Voz Ribatejana_17,8x6,6cm(1).jpg
  • Foto do escritorJorge Talixa

Mudanças dão derrota para o Vilafranquense


Com um novo treinador e quatro alterações no onze inicial, a União Desportiva Vilafranquense não esteve bem e perdeu, em “casa”, com o Trofense. A equipa mostrou-se nervosa e sem a consistência habitual. Com este resultado, a equipa de Vila Franca de Xira ficou mais longe dos lugares de subida.


A sociedade anónima desportiva (SAD) que gere o futebol do Vilafranquense decidiu prescindir dos serviços do técnico Rui Borges. A decisão (concretizada depois do empate em Oliveira de Azeméis), parece ter sido de algum modo repentina e gerou surpresa, tendo em conta a boa prestação da equipa na II Liga, em que está (estava) envolvida na luta pela subida.


Na quinta-feira, foi apresentada a nova equipa técnica liderada por Ricardo Chéu (ex-Doxa de Chipre e antigo técnico do Estrela da Amadora). O novo técnico, Ricardo Chéu, com dois dias de trabalho com o plantel, resolveu fazer algumas mudanças/experiências no onze inicial, com as entradas de Leo Alaba, André Sousa, Madi Queta e João Amorim e as saídas de Luís Silva (castigado), Dioh, Belkheir e Bernardo.


E o resultado não foi nada bom. A equipa mostrou-se apática e algo nervosa e, perante o penúltimo classificado da tabela, praticamente não criou oportunidades de golo no primeiro tempo, com Nenê “perdido” no meio dos centrais nortenhos e o meio-campo a revelar dificuldades para pegar no jogo.


Foi o Trofense quem esteve perto de marcar logo nos primeiros minutos e o jogo arrastou-se, com muitas perdas de bola dos vila-franquenses e um Trofense mais assertivo. Para a segunda metade não houve alterações nas equipas, mas o Vilafranquense entrou um pouco mais organizado.


Mas, ao minuto 61, na sequência de um canto na direita, o Trofense inaugurou o marcador. Nenê desviou no coração da área, a bola sobrou para a esquerda do ataque nortenho e foi devolvida, de cabeça, para o lado contrário, onde Wesley Tanque, mais rápido e mais oportuno, fez o 0-1. O golo intranquilizou ainda mais os ribatejanos e Trigueira foi obrigado a uma defesa apertada para evitar o 0-2.


Ricardo Chéu desmultiplicou-se, depois, em substituições, fazendo entrar mais dois avançados primeiro (Bizet e Sangaré) e ajustando o meio-campo com as entradas de Dioh e Bruno, mas o Vilafranquense raramente criou perigo.


Saiba mais nas edições impressas do Voz Ribatejana


תגובות


300x250px_banner.png
15 Caminhada Amor do Peito-page-001-2.jpg
Ver para topo quadrado ou sitio do Josal2.jpg
christmas-1089310_960_720_edited.jpg
Loja G Site VR-page-001.jpg
Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações

VOZ_ONLINE-178x66mm.jpg

VR Solidário

Cartaz 24 de maio vs.jpg
bottom of page