• Jorge Talixa

GNR desmantela grande plantação de canábis em Arruda


Militares do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) do Destacamento de Vila Franca de Xira da GNR detectaram, na passada quinta-feira, uma grande plantação de canábis desenvolvida num armazém do concelho de Arruda dos Vinhos. No âmbito da operação foram detidos dois suspeitos da prática de crime de


tráfico de estupefacientes, com 57 e 64 anos, que foram presentes, na sexta-feira, ao Tribunal de Vila Franca para primeiro interrogatório. A plantação ilegal de canábis foi descoberta depois de um alerta para um pequeno foco de incêndio no interior de um armazém. “Os militares da Guarda deslocaram-se de imediato


para o local, tendo constatado um forte odor a canábis. No decorrer das diligências policiais, foi possível apurar que se tratava de um armazém onde era produzida canábis, tendo os dois suspeitos sido detidos”, explica o Comando Distrital da GNR, vincando que a operação resultou, também,


na apreensão de 2 553 pés de canábis (230,5 quilos) em vários estágios de maturação e 7 000 bolachas de sementes de canábis. Os militares da Guarda apreenderam, ainda, 15 sacos com cabeças de canábis (16 quilos), 267 lâmpadas de halogéneo para aquecimento, 38 ventoinhas,


66 filtros com tubagem de ventilação e “diverso material relacionado com a plantação, germinação, secagem e venda de canábis”. Foram, igualmente, apreendidos dois telemóveis, material informático e 445 euros em numerário. A ação policial contou com o reforço do Posto Territorial de Arruda dos Vinhos da GNR.


Recorde-se que esta foi a segunda grande plantação de canábis desmantelada, nos últimos dias, na região, depois de a GNR ter conseguido, também, descobrir uma instalação ilegal do género no concelho de Coruche.


Saiba mais nas edições impressas do Voz Ribatejana


Tags:

Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações