• Joel Balsinha

Alverca bate Almeirim e dedica vitória a Alex


O Futebol Clube Alverca saiu vitorioso do encontro disputado, esta quarta-feira, em casa, frente com o União de Almeirim, por uma bola a zero. Um jogo marcado pela memória da partida iniciada em Janeiro, em que o jovem médio brasileiro Alex Apolinário sofreu uma paragem cardiorrrespiratória que acabou por lhe tirar a vida. O golo foi marcado por Ricardo Rodrigues, ao minuto 71, e dedicado ao malogrado jogador brasileiro.


O jogo, que começou pelas 15h00, arrancou exatamente do local onde tinha sido interrompido, quando Alex Apolinário caiu em campo, vítima de paragem cardiorrespiratória. Jogaram-se os 63 minutos em falta. Os onze em campo foram idênticos. O Alverca mostrou desde logo a sua intenção com diversas jogadas numa tentativa de criar dificuldades junto da defesa adversária e importunar o guarda-redes da União de Almeirim.


O técnico Toni Pereira pretendia que a sua equipa acelerasse o jogo, mas aos poucos os jogadores vindos do distrito de Santarém contrariaram as indicações e retiraram aos poucos a posse de bola dos da casa. Em cima do intervalo uma jogada perigosa pela lateral com um cruzamento que encontrou na área Sérginho, que surpreendeu o seu marcador direto, no interior da área, ao antecipar-se, mas o remate acabou por passar ao


lado do poste esquerdo da baliza de João Bernardo. Logo a seguir deu-se o apito para o intervalo com o marcador a zero. O encontro foi marcado inicialmente por um momento entre capitães de equipa com o do FC Alverca a entregar uma placa ao de Almeirim pelo fair-play demonstrado e compreensão para reagendar uma nova data devido ao episódio difícil vivido pelo plantel ribatejano. No segundo tempo, a formação da


casa subiu as linhas e as oportunidades começaram a aparecer. Um lançamento na linha lateral por Tiago Gomes cobrado na direção de Rui Pereira que devolveu a bola ao defesa experiente de 34 anos que rapidamente tirou o cruzamento em que no interior da área caíram vários jogadores com o esférico a sobrar para Jonata Bastos, que embateu num defesa do Almeirim e foi parar aos pés de Felipe Ryan,


cujo remate foi desviado pela mão do guineenses Mamadu Djaló e embateu com estrondo na barra de João Bernardo. O árbitro não teve dúvidas e marcou grande penalidade. Chamado a converter o penalti, Felipe Ryan partiu confiante para a bola, mas não conseguiu desfeitear o guarda-redes de Almeirim, permitindo que o mesmo, com uma estirada para o seu lado direito, brilhasse na baliza.


Mas a defesa incompleta possibilitou que Ricardo Rodrigues encostasse na bola para o primeiro e único golo da tarde. Um golo com dedicatória e homenagem a Alex Apolinário. O União de Almeirim ainda carregou durante os quatro minutos de desconto de tempo e encostou o Alverca na sua metade do terreno, mas a vitória já não fugiu à equipa de Toni Pereira.


Saiba mais nas edições impressas do Voz Ribatejana


Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações