top of page
banner_voz_ribatejana(5).jpg

press to zoom

press to zoom
1/1
  • Jorge Talixa

Abusos no trânsito preocupam moradores de Alverca


A utilização abusiva da Rua João Mantas, por automobilistas que não residem nem têm ali actividades comerciais, e as velocidades atingidas por alguns condutores estão a gerar preocupação nos moradores e utentes habituais desta artéria de Alverca.


A Rua João Mantas, na zona antiga de Alverca, junto ao pelourinho, está reservada para fins pedonais e para a circulação de veículos autorizados de residentes ou para cargas e descargas. Mas, segundo alguns moradores, há muito quem não respeite essas restrições.


João José Canário é um dos habitantes que se mostra preocupado e escreveu aos presidentes da Junta e da Câmara a alertar para o problema e a pedir medidas. “A Rua João Mantas em Alverca, atualmente, é um perigo para os peões que a utilizam.


Nesta rua só deveriam circular os veículos autorizados e os de cargas e descargas, mas não é isso que está a acontecer. Há viaturas que passam aqui várias vezes ao dia”, sustenta o morador, sublinhando que, “se antes das obras na Rua Miguel Bombarda já era gritante o abuso de utilização da Rua João Mantas, em todo o período das obras a utilização desta artéria foi de uma vergonhosa utilização abusiva.


Apesar de os desvios estarem devidamente identificados pelos arruamentos corretos, centenas de viaturas não respeitaram e utilizaram esta rua em total transgressão”, acusa. A Rua João Mantas, no entender deste morador de Alverca, “deveria ser uma rua de proteção e utilização para o peão, mas neste momento é um verdadeiro perigo.


Os últimos metros da Rua João Mantas, são muito estreitos, e derivado da velocidade de determinadas viaturas, por vezes o peão quase que tem necessidade de escalar paredes. Qualquer dia irá acontecer algo de grave nesta rua, pelo que deverá antecipar-se essa situação com medidas”, avisa.


“Penso que a PSP também deveria de ter uma atuação nesta rua, nem que seja de sensibilização, de modo a evitar a quantidade de veículos que não podem circular nesta rua e também para aumentar a segurança do peão que a utiliza. Não são as viaturas que estão estacionadas que são um problema, mas sim aquelas que parece que estão a disputar o Rally de Portugal”, lamenta.


Já Cláudio Lotra, presidente da Junta da União de Freguesias de Alverca e Sobralinho, sustenta que “a artéria em questão, de acordo com o Regulamento Municipal de Trânsito, anexo Alverca do Ribatejo, tem circulação e parqueamento condicionado a residentes e comerciantes, estando estes munidos de dístico emitido anualmente pela Junta de Freguesia”.


Nesse sentido, explica o autarca do PS, “as viaturas que circulam e parqueiam na Rua João Mantas e que não disponham deste dístico podem e devem ser autuadas pelas forças de segurança, por incumprimento dos estabelecido no Regulamento”.


Cláudio Lotra sublinha que o trânsito na Rua João Mantas “aumentou substancialmente” nos últimos quatro meses por consequência das obras na Rua Dr. Miguel Bombarda, que obrigaram ao corte desta última. Mas o presidente da Junta de Alverca e Sobralinho, acrescenta que essa situação “está regularizada, uma vez que a circulação voltou ao normal (dia 6 de Janeiro) na Rua Dr. Miguel Bombarda”.


Saiba mais nas edições impressas do Voz Ribatejana


Banner VozRibatejana_178x66mm_AF(2).jpg
Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site
300x250.jpg
14878_IMT_Voz Ribatejana_300x250.jpg
Ver para topo quadrado ou sitio do Josal2.jpg
VOZ_ONLINE-178x66mm.jpg

press to zoom

press to zoom
1/1

VR Solidário

Cartazes datas JAN 2023.jpg

Contador de Visualizações

bottom of page