• Jorge Talixa

37 fracções Vilafranca Centro à venda em leilão


Trinta e sete fracções do antigo Vilafranca Centro foram colocadas à venda por uma empresa leiloeira. Os prazos de apresentação de propostas terminaram no dia 19. Em causa estão lojas a arrecadações que integravam o património da Circuitos

(empresa do grupo Obriverca que construiu e geriu o centro comercial), agora vendidas no âmbito do processo de insolvência desta empresa. Fechado há seis anos, o antigo Vilafranca Centro continua a despertar diferentes sentimentos na cidade,

entre os que recordam bons momentos passados no complexo e reclamam a sua revitalização e/ou transformação e os que defendem que o imóvel devia ser demolido para dar lugar a outra estrutura com maior viabilidade e interesse para Vila Franca de Xira.

Com alguma regularidade, potenciais interessados no aproveitamento do extenso imóvel do centro da cidade contactam a Câmara vila-franquense, mas nenhum dos processos/ideias evoluiu. Por um lado, o quadro económico volta a ser desfavorável,

por outro, as mais de 200 lojas e arrecadações do antigo Vilafranca Centro pertencem a mais de meia centena de proprietários, o que complica qualquer negociação. Trinta e sete fracções da Circuitos foram, recentemente, colocadas à venda por uma leiloeira.

O Voz Ribatejana sabe que em causa estão onze lojas e 26 arrecadações. As lojas variam entre os 12, 8 metros quadrados e os 258 metros quadrados e abrangem um antigo bar e snack-bar.

A mais pequena tem um preço base de 5100 euros e a maior de 102 600 euros. Já as arrecadações variam entre os 3, 35 metros quadrados e os 17, 8 metros quadrados, com preços-base que se situam entre os 1200 e os 6200 euros. José António Oliveira,

vice-presidente da Câmara Municipal de Vila Franca de Xira com responsabilidades no pelouro do urbanismo, afiança que a autarquia, através do Departamento de Planeamento e Gestão Urbanística, “tem-se mostrado sempre disponível para,

na esfera das suas atribuições e competências, acolher e analisar propostas apresentadas pelos promotores, considerando que a concretização de um projeto que se traduza na revitalização do Vilafranca Centro,

desde que devidamente enquadrada nos termos da legislação em vigor, representará certamente uma mais-valia para a cidade de Vila Franca de Xira e para a sua população”. Em declarações ao Voz Ribatejana, José António Oliveira adianta que, ao longo dos anos, “têm sido registadas propostas”

no sentido da revitalização do antigo centro comercial, que “não chegaram a ter desenvolvimento”. O autarca do PS acrescenta que, actualmente, a Câmara vila-franquense “está a proceder à análise, com vista à emissão de parecer, relativamente a um projeto recentemente apresentado neste âmbito”.

Saiba mais nas edições impressas do Voz Ribatejana

Contador de Visualizações