Solvay vende complexo industrial da Póvoa

30/09/2020

Grande parte do complexo industrial e empresarial que a multinacional belga Solvay detém na Póvoa de Santa Iria vai mudar de mãos no final deste ano. O acordo foi anunciado na segunda-feira e o complexo vai ser adquirido pela Algora,

 

empresa de capitais portugueses ligada às firmas que já exploram um parque de criação de algas nas antigas salinas da Póvoa. Os 60 postos de trabalho em causa vão manter-se e poderão ser reforçados, garante a Solvay.

 

A multinacional de origem belga Solvay vai vender grande parte do seu complexo industrial e empresarial da Póvoa de Santa Iria à Algora, SGPS. O negócio, que deverá ficar concluído até final do ano, contempla a fábrica de Clorato de Sódio da Póvoa,

 

as instalações industriais envolventes, o parque de negócios criado nos últimos anos em terrenos libertos pela desactivação de outras fábricas e as minas de salgema de Matacães (Torres Vedras). De fora do acordo fica, apenas,

 

a Fábrica de Peróxido de Hidrogénio (água-oxigenada) que o grupo Solvay vai continuar a gerir na Póvoa. O centro de serviços partilhados que o grupo Solvay instalou há mais de uma década em Carnaxide (com mais de 300 funcionários),

 

também continuará sob a alçada da multinacional belga. Fonte da Solvay Portugal explicou, ao Voz Ribatejana, que foi celebrado um “acordo vinculativo” de venda da Solvay Portugal-Produtos Químicos, SA à Algora-Sustainable Investments, SGPS,

 

uma empresa constituída em ‘joint venture’ entre a A4F e a Green Aqua, firmas de origem portuguesa que já exploram uma unidade de produção de algas com cerca de 10 hectares instalada em espaços de antigas salinas situadas em terrenos da Solvay,

 

na Póvoa de Santa Iria. “A inovação está no cerne da estratégia da Algora. Acreditamos convictamente que vamos melhorar as condições do Parque Industrial da Póvoa, tornando-o mais eficiente e mais sustentável,

 

permitindo à Algora e à Solvay produzir melhor, de forma mais rentável e próxima dos clientes”, sustenta Nuno Coelho, presidente do conselho de administração da Algora.

 

Saiba mais na edição impressa de 30 de Setembro do Voz Ribatejana

 

Partilhar no Facebook
Partilhar no Twitter
Please reload

Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Please reload

Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site
Please reload

Contador de Visualizações

© 2017 por Voz Ribatejana. Todos os direitos reservados.

Informações

Voz Ribatejana - Quinzenário regional

Sede da Redacção e Administração: Centro Comercial da Mina, Loja 3 - Apartado 10040 / 2600-126 Vila Franca de Xira Telefone geral – 263 281329

Correio Electrónico: vozribatejana@gmail.com director.vozribatejana@gmail.com redaccao.vozribatejana@gmail.com comercial.vozribatejana@gmail.com
Proprietário: Jorge Humberto Perdigoto Talixa

Editor: Voz Ribatejana, Lda

Director: Jorge Talixa (carteira prof. 2126)

Editor Multimédia: Rui Miguel Ferreira Talixa

Redacção: Carla Ferreira (carteira prof. 2127), Joel Balsinha, Hugo Clarimundo, Jesus Lourenço, Hipólito Cabaço, Paula Gadelha (cart. prof 9865)

Área Administrativa e Comercial: Isabel Pinto, Júlio Pereira (93 88 50 664), Afonso Braz (93 66 45 773), Carlos Pinto (96 44 70 639)

Assinaturas: Portugal – 1 ano (24 números) 12 euros - Resto da Europa - 1 ano 40 euros Registo de Imprensa na ERC: 125978

Impressão: Coraze
Redacção: Centro Comercial da Mina, Loja 3 2600 Vila Franca de Xira - Telefone - 263 281 329 . Telemóvel - 96 50 40 300