Imigrante acusado por homicídio em Arruda

19/07/2020

Um imigrante brasileiro de 39 anos está acusado pelo Ministério Público da prática de crimes de homicídio qualificado, profanação de cadáver e violência doméstica. O caso deu-se em Outubro do ano passado, quando o corpo da companheira do imigrante foi descoberto dentro de uma mala de viagem, abandonada junto ao jardim da Fonte do Ouro, em Arruda dos Vinhos.

 

Aconteceu tudo no passado dia 2 de Outubro, num prédio do centro de Arruda dos Vinhos, onde o casal de imigrantes (ele então com 38 anos e ela com 30) vivia com outros dois concidadãos. Eram também primos, mas segundo alguns testemunhos os desentendimentos seriam frequentes.

 

Agora, segundo a CMTV, o Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Vila Franca de Xira deduziu acusação contra o imigrante, responsabilizando-o por crimes de homicídio qualificado, profanação de cadáver e violência doméstica.

 

O casal vivia há poucas semanas em Arruda, ele trabalhava na construção civil e ela num restaurante e, segundo o Ministério Público, terá sido uma situação de “ciúmes” a motivar a agressão com arma branca que vitimou a mulher. O corpo foi encontrado, horas depois, dentro de uma mala de viagem, junto ao jardim da Fonte do Ouro, onde foi abandonado provavelmente porque o puxador da mala se partiu.

 

A presença da mala, enrolada com várias faixas de fita adesiva, despertou a atenção de moradores vizinhos. Um deles aproximou-se e ao tocar na mala percebeu que continha algo semelhante a um corpo. Alertou a GNR, que confirmou que no interior estava o cadáver de uma mulher.

 

Não tinha documentos identificativos, mas as autoridades descobriram rapidamente que se tratava de uma cidadã brasileira (Camila), de 30 anos. Alguns vizinhos contaram, depois, que viram um indivíduo desconhecido a subir a rua com uma mala de viagem tipo ‘trolley’ pela mão.

 

Esse facto terá sido confirmado por algumas camaras de vigilância existentes na zona. Horas depois, já durante a noite, Polícia Judiciária e GNR descobriram o suspeito escondido numa zona de mato das proximidades. O indivíduo foi detido e aguarda julgamento em prisão preventiva.

 

Saiba mais nas edições impressas do Voz Ribatejana

 

Tags:

Partilhar no Facebook
Partilhar no Twitter
Please reload

Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Please reload

Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site
Please reload

Contador de Visualizações

© 2017 por Voz Ribatejana. Todos os direitos reservados.

Informações

Voz Ribatejana - Quinzenário regional

Sede da Redacção e Administração: Centro Comercial da Mina, Loja 3 - Apartado 10040 / 2600-126 Vila Franca de Xira Telefone geral – 263 281329

Correio Electrónico: vozribatejana@gmail.com director.vozribatejana@gmail.com redaccao.vozribatejana@gmail.com comercial.vozribatejana@gmail.com
Proprietário: Jorge Humberto Perdigoto Talixa

Editor: Voz Ribatejana, Lda

Director: Jorge Talixa (carteira prof. 2126)

Editor Multimédia: Rui Miguel Ferreira Talixa

Redacção: Carla Ferreira (carteira prof. 2127), Joel Balsinha, Hugo Clarimundo, Jesus Lourenço, Hipólito Cabaço, Paula Gadelha (cart. prof 9865)

Área Administrativa e Comercial: Isabel Pinto, Júlio Pereira (93 88 50 664), Afonso Braz (93 66 45 773), Carlos Pinto (96 44 70 639)

Assinaturas: Portugal – 1 ano (24 números) 12 euros - Resto da Europa - 1 ano 40 euros Registo de Imprensa na ERC: 125978

Impressão: Coraze
Redacção: Centro Comercial da Mina, Loja 3 2600 Vila Franca de Xira - Telefone - 263 281 329 . Telemóvel - 96 50 40 300