Decisão da federação revolta Alverca

09/04/2020

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta quarta-feira, que decidiu terminar oficialmente a época das suas competições seniores não profissionais. A medida abrange o Campeonato de Portugal e já gerou a revolta dos responsáveis do Futebol Clube de Alverca (FCA) que esperavam, ainda, poder lutar pela subida à II Liga. Já hoje, o FCA anunciou que decidiu colocar toda a sua estrutura do futebol sénior

 

em situação de ‘lay-off’ – remunerações reduzidas a dois-terços com apoio da Segurança Social. A FPF anunciou que, devido à persistência da pandemia, cancela os campeonatos seniores não profissionais e vai determinar, ainda, uma fórmula de definição de duas equipas que deverão subir à II Liga. De resto não deverá haver

 

subidas, nem descidas. Clubes dos distritais que já tinham assegurado a subida ao Campeonato de Portugal já reclamaram. Os líderes das quatro séries do Campeonato de Portugal já afirmaram que querem estar envolvidos na subida e há quem defende que deveriam subir os quatro, com um alargamento da II Liga. O FCA, que seguia na

 

terceira posição da Série D, está fora desta “discussão”. Ainda na quarta-feira, em comunicado, a SAD do Alverca não escondeu a sua revolta, considerando a decisão da FPP “extemporânea e atentatório da verdade desportiva, além de susceptível de criar uma situação de insustentabilidade económica em alguns clubes que cumprem com

 

todas as suas responsabilidades com o Estado e com o futebol português”. “Para que se tenha uma ideia do rombo desportivo e financeiro que a decisão da FPF pode provocar, damos a conhecer os números com que o FC Alverca se confronta, desde que apostou numa estratégia de rigor e profissionalismo da sua estrutura. Uma

 

estrutura, aliás, que poderá a ser a primeira a sofrer com o impacto negativo que esta decisão pode trazer. São, ao todo, 55 contratos profissionais. O FC Alverca é um dos clubes que, atualmente, mais aposta em termos de formação. Não somos nós que o dizemos. São os números. Quinze jogadores da nossa equipa de sub-19 já dispõem de

 

contratos profissionais”, explicam os responsáveis do FCA, lembrando que, pela frente, “sem competição e sem que nos seja atribuída a possibilidade, dentro do campo, de lutar pelo nosso principal objetivo, teremos o pagamento de três meses de ordenados. Com os ordenados vêm as responsabilidades com a Segurança Social, o que constitui

 

uma entrega ao Estado de dezenas de milhares de euros nos próximos três meses”, alerta o Alverca, vincando que o clube no seu todo tem 85 colaboradores directos e 350 indirectos e que esta decisão da Federação vai ter um grande impacto negativo na colectividade e na economia local.

 

Saiba mais nas edições impressas do Voz Ribatejana e da Vida Ribatejana

 

Tags:

Partilhar no Facebook
Partilhar no Twitter
Please reload

Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Please reload

Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site
Please reload

Contador de Visualizações

© 2017 por Voz Ribatejana. Todos os direitos reservados.

Informações

Voz Ribatejana - Quinzenário regional

Sede da Redacção e Administração: Centro Comercial da Mina, Loja 3 - Apartado 10040 / 2600-126 Vila Franca de Xira Telefone geral – 263 281329

Correio Electrónico: vozribatejana@gmail.com director.vozribatejana@gmail.com redaccao.vozribatejana@gmail.com comercial.vozribatejana@gmail.com
Proprietário: Jorge Humberto Perdigoto Talixa

Editor: Voz Ribatejana, Lda

Director: Jorge Talixa (carteira prof. 2126)

Editor Multimédia: Rui Miguel Ferreira Talixa

Redacção: Carla Ferreira (carteira prof. 2127), Joel Balsinha, Hugo Clarimundo, Jesus Lourenço, Hipólito Cabaço, Paula Gadelha (cart. prof 9865)

Área Administrativa e Comercial: Isabel Pinto, Júlio Pereira (93 88 50 664), Afonso Braz (93 66 45 773), Carlos Pinto (96 44 70 639)

Assinaturas: Portugal – 1 ano (24 números) 12 euros - Resto da Europa - 1 ano 40 euros Registo de Imprensa na ERC: 125978

Impressão: Coraze
Redacção: Centro Comercial da Mina, Loja 3 2600 Vila Franca de Xira - Telefone - 263 281 329 . Telemóvel - 96 50 40 300