• Jorge Talixa

Câmara fecha equipamentos e serviços


(em actualização)

A Câmara de Vila Franca de Xira anunciou, esta sexta-feira, a decisão de encerrar, até dia 9 de Abril, a esmagadora maioria dos equipamentos e serviços municipais abertos ao público. A medida surge na sequência das decisões comunicadas pelo Governo na noite de quinta-feira e pela declaração, já hoje, de “Situação de Alerta” nacional. O

presidente da edilidade decidiu, por isso, encerrar por três semanas os pavilhões e piscinas municipais, as redes de bibliotecas e museus, as galerias de exposições, o Celeiro da Patriarcal, as casas da juventude, o Posto de Turismo, as quintas e palácios municipais e os centros comunitários. O despacho de Alberto Mesquita abrange,

também, os serviços de atendimento ao público presencial da Loja do Munícipe em Vila Franca de Xira e respetivas delegações em Alverca e na Póvoa de Santa Iria, entre outros serviços. “Fica salvaguardado o atendimento telefónico e por meios eletrónicos e digitais. Fica, igualmente, garantido o atendimento social presencial em situações muito

urgentes e manifestamente inadiáveis, após contacto telefónico ou eletrónico prévio. Fica, também, salvaguardado o funcionamento das cafetarias municipais existentes nos edifícios municipais da Fábrica das Palavras e do Museu do Neo-Realismo, bem como na Quinta Municipal da Piedade, com as restrições legais aplicáveis ao seu

funcionamento”, acrescenta a autarquia. São também suspensas e adiadas “todas as ações, eventos e iniciativas de natureza educativa, cultural, desportiva, recreativa e turística promovidas e organizadas pela Câmara e previamente programadas”. Já os mercados municipais mantêm, para já, o seu funcionamento, mas a Câmara vila-

franquense garante que está a “proceder ao acompanhamento e à monitorização especial e reforçada destes equipamentos, tendo em vista o seu eventual encerramento”. “As trabalhadoras e os trabalhadores adstritos aos serviços e equipamentos municipais mantêm o cumprimento dos deveres de assiduidade e

pontualidade, nos termos previstos na Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas e no Código do Trabalho, sem prejuízo do que eventualmente venha a ser determinado pelas autoridades nacionais e locais de saúde pública”, conclui a edilidade de Vila Franca de Xira, reafirmando que estas medidas vigoram entre 14 de Março e 09 de Abril.

Saiba mais nas edições impressas do Voz Ribatejana

Tags:

Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações