Procurador e defesa recorrem da sentença

04/03/2020

(em actualização)

 

O Ministério Público (MP) e a defesa de Rosa Grilo vão recorrer da sentença do caso Luís Grilo, lida, esta terça-feira, no Tribunal de Loures. A viúva Rosa Grilo foi condenada a 25 anos de cadeia e o funcionário judicial António Joaquim foi condenado a dois anos de pena suspensa por detenção de arma proibida. O MP contesta a absolvição de

 

António Joaquim do crime de homicídio e a defesa de Rosa Grilo deverá requerer a repetição do julgamento, por considerar que algumas das decisões dos juízes não estão devidamente enquadradas na Lei. O Voz Ribatejana sabe que a defesa da viúva de Luís Grilo vai pedir a declaração de nulidade do julgamento, sobretudo por

 

considerar que as alterações feitas pelo colectivo aos factos constantes da acusação não terão sido devidamente enquadradas. Tânia Reis, advogada que representa Rosa Grilo, considera, igualmente, que foi irregular a forma como o colectivo de juízes rejeitou todos seus requerimentos para novos meios de prova e audição de novas testemunhas.

 

O Tribunal de Loures recorde-se, condenou, esta terça-feira, Rosa Grilo a 25 anos de prisão efectiva, considerando que foi a viúva a consumar os crimes de homicídio qualificado e de profanação de cadáver que vitimaram o empresário e triatleta Luís Grilo. Já António Joaquim, amante confesso de Rosa Grilo, foi absolvido dos crimes de

 

homicídio e de profanação de cadáver de que também estava acusado e condenado a 2 anos de prisão com pena suspensa pela detenção de arma proibida. A leitura do acórdão prolongou-se por mais de duas horas. A juíza-presidente do colectivo explicou que o Tribunal de Júri considerou “inverosímil” e desprovida de lógica a versão

 

apresentada por Rosa Grilo em tribunal. Apontou, também, a “frieza de ânimo” manifestada pela arguida, considerando que a sua versão de que terão sido três angolanos a matar Luís Grilo não “mereceu credibilidade”. Relativamente a António Joaquim, o tribunal decidiu aplicar o princípio “in dubio pro reu”, considerando que a

 

falta de provas concretas não permitem responsabilizá-lo pelos crimes de que vinha acusado. Admitiu, todavia, que António Joaquim teve alguns comportamentos “estranhos” durante a fase em que Luís Grilo foi dado como desaparecido. Rosa Grilo vai ter, ainda, que pagar uma indemnização de 42 mil euros ao filho e foi-lhe aplicada a

 

pena acessória de indignidade sucessória, o que significa que não poderá herdar bens de Luís Grilo. Já António Joaquim não vai, de acordo com o tribunal, ser punido com a suspensão da sua função como funcionário judicial. Ricardo Serrano Vieira, advogado de António Joaquim, disse, depois, que o acórdão está dentro daquilo que esperava.

 

Saiba mais nas edições impressas de 26 de Fevereiro e 11 de Março do Voz Ribatejana

 

Tags:

Partilhar no Facebook
Partilhar no Twitter
Please reload

Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Please reload

Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site
Please reload

Contador de Visualizações

© 2017 por Voz Ribatejana. Todos os direitos reservados.

Informações

Voz Ribatejana - Quinzenário regional

Sede da Redacção e Administração: Centro Comercial da Mina, Loja 3 - Apartado 10040 / 2600-126 Vila Franca de Xira Telefone geral – 263 281329

Correio Electrónico: vozribatejana@gmail.com director.vozribatejana@gmail.com redaccao.vozribatejana@gmail.com comercial.vozribatejana@gmail.com
Proprietário: Jorge Humberto Perdigoto Talixa

Editor: Voz Ribatejana, Lda

Director: Jorge Talixa (carteira prof. 2126)

Editor Multimédia: Rui Miguel Ferreira Talixa

Redacção: Carla Ferreira (carteira prof. 2127), Joel Balsinha, Hugo Clarimundo, Jesus Lourenço, Hipólito Cabaço, Paula Gadelha (cart. prof 9865)

Área Administrativa e Comercial: Isabel Pinto, Júlio Pereira (93 88 50 664), Afonso Braz (93 66 45 773), Carlos Pinto (96 44 70 639)

Assinaturas: Portugal – 1 ano (24 números) 12 euros - Resto da Europa - 1 ano 40 euros Registo de Imprensa na ERC: 125978

Impressão: Coraze
Redacção: Centro Comercial da Mina, Loja 3 2600 Vila Franca de Xira - Telefone - 263 281 329 . Telemóvel - 96 50 40 300