“Mês da Enguia” leva milhares a Salvaterra

29/02/2020

Fotos de Carlos Pinto 

 

A 24ª. edição do “Mês da Enguia” de Salvaterra de Magos está a decorrer até 29 de Março. O evento arrancou na noite de sexta-feira com a inauguração, no Pavilhão do INATEL, da Feira Nacional de Artesanato e de Produtos Tradicionais. Participam vinte restaurantes do concelho, número que iguala o recorde de espaços gastronómicos

 

aderentes a esta iniciativa municipal, em que a enguia, apelidada de “Rainha do Tejo”, volta a promover o concelho de Salvaterra de Magos. Paralelamente haverá uma vasta e diversa oferta cultural e recreativa durante todo o mês de Março. Criado ainda no passado milénio, nos anos 90, o “Mês da Enguia” tornou-se num certame de excelência

 

e de maior importância para a promoção turística do concelho de Salvaterra de Magos, não sendo por mero acaso que a própria cerimónia da sua apresentação à comunicação social e demais convidados seja, em si mesmo, um grande evento. Reunindo diversas personalidades da região e proporcionando aos convidados uma

 

experiência única aos mais variados níveis, com uma apresentação sempre bastante cuidada e ao mais ínfimo pormenor, a degustação da enguia, confeccionada de variadíssimas formas pelos diversos restaurantes aderentes, acaba por se tornar o momento alto do evento, ou não fosse esta verdadeira iguaria apelidada de “Rainha do

Tejo”. Desta forma, não é de estranhar que nesta 24ª edição do “Mês da Enguia” se tenha igualado o número recorde de vinte restaurantes participantes, que, no fundo, são os verdadeiros embaixadores desta campanha de gastronomia que a Câmara Municipal de Salvaterra de Magos tem sabido levar a bom porto, ano após ano. “Mais uma vez

 

atingimos o número máximo de restaurantes aderentes e são eles os principais obreiros do ‘Mês da Enguia’, pelo que saúdo que continuemos a ter esta forte participação, numa organização que é da Câmara Municipal mas para a qual temos tido o apoio e a chancela da Entidade de Turismo do Alentejo e Ribatejo, o que valida a importância

 

regional e, cada vez mais, nacional do evento”, salientou Hélder Manuel Esménio, presidente da Câmara de Salvaterra de Magos, durante a apresentação do “Mês da Enguia”, defendendo igualmente que “a nossa identidade ribeirinha e ribatejana está sempre presente em todas as dinâmicas deste evento, que gera uma forte procura da

 

nossa restauração, do comércio e do alojamento local, das casas vinícolas, do artesanato, dos produtos locais, dos passeios no Tejo, dos espaços culturais e patrimoniais, ao mesmo tempo que permite dar voz e espaço às forças vivas que mostram a quem nos visita quem somos”. A apresentação do evento contou com a

presença, já habitual neste certame, de António Ceia da Silva, presidente da Entidade de Turismo do Alentejo e Ribatejo, que felicitou o presidente do município, sublinhando que “os eventos não são um custo mas sim um investimento”, numa clara alusão ao desenvolvimento que o sucesso do “Mês da Enguia” tem proporcionado à região,

 

lembrando igualmente que “a gastronomia é o produto mais transversal que existe na actividade turística”. Em representação da Escola Profissional de Salvaterra de Magos esteve a Chef Noélia Costa, que realçou a importância que o “Mês da Enguia” tem no concelho. Tal como já é característica deste evento, Março vai ser um mês bastante

 

intenso e pleno de animação e actividades, com uma programação de nível cultural e recreativa bastante diversificada, destacando-se desde logo os variadíssimos espéctaculos que terão lugar no Pavilhão INATEL, na Feira Nacional de Artesanato e de Produtos Tradicionais, inaugurada no dia 28 e que estará aberta ao público todas as

 

sextas-feiras, sábados e domingos, até ao dia 29 de Março. De realçar igualmente a presença da estação de televisão TVI, que, a partir do Largo da Câmara, estará em Salvaterra de Magos na tarde do dia 22 de Março, com a transmissão do programa “Somos Portugal”, em directo para todo o país. Destaque também para as exposições

“Salvaterra a Preto e Branco”, no Edifício do Cais da Vala, e “Ana Batista: 20 anos de alternativa”, na Galeria da Falcoaria Real, em Salvaterra de Magos, num ano em que, em virtude do aniversário do centenário da inauguração da Praça de Toiros de Salvaterra, as actividades tauromáquicas terão um especial relevo.

 

Saiba mais nas edições impressas de 26 de Fevereiro e 11 de Março do Voz Ribatejana

 

Tags:

Partilhar no Facebook
Partilhar no Twitter
Please reload

Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Please reload

Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site
Please reload

Contador de Visualizações

© 2017 por Voz Ribatejana. Todos os direitos reservados.

Informações

Voz Ribatejana - Quinzenário regional

Sede da Redacção e Administração: Centro Comercial da Mina, Loja 3 - Apartado 10040 / 2600-126 Vila Franca de Xira Telefone geral – 263 281329

Correio Electrónico: vozribatejana@gmail.com director.vozribatejana@gmail.com redaccao.vozribatejana@gmail.com comercial.vozribatejana@gmail.com
Proprietário: Jorge Humberto Perdigoto Talixa

Editor: Voz Ribatejana, Lda

Director: Jorge Talixa (carteira prof. 2126)

Editor Multimédia: Rui Miguel Ferreira Talixa

Redacção: Carla Ferreira (carteira prof. 2127), Joel Balsinha, Hugo Clarimundo, Jesus Lourenço, Hipólito Cabaço, Paula Gadelha (cart. prof 9865)

Área Administrativa e Comercial: Isabel Pinto, Júlio Pereira (93 88 50 664), Afonso Braz (93 66 45 773), Carlos Pinto (96 44 70 639)

Assinaturas: Portugal – 1 ano (24 números) 12 euros - Resto da Europa - 1 ano 40 euros Registo de Imprensa na ERC: 125978

Impressão: Coraze
Redacção: Centro Comercial da Mina, Loja 3 2600 Vila Franca de Xira - Telefone - 263 281 329 . Telemóvel - 96 50 40 300