• Jorge Talixa

Vilafranquense regressa às vitórias na II Liga


Na estreia do novo treinador, Armando Evangelista, a União Desportiva Vilafranquense bateu o Covilhã por 1-0 e alargou a vantagem sobre as duas equipas que seguem nos lugares de descida da II Liga. Um bom resultado da equipa ribatejana, que já não

vencia desde o final de Novembro. Com várias alterações no onze inicial e uma exibição bastante consistente, a União Desportiva Vilafranquense (UDV) venceu, no passado domingo, o Sporting da Covilhã por 1-0. Um resultado importante para a equipa de Vila Franca de Xira, que regressou, assim, às vitórias na II Liga, o que já não

conseguia desde o final de Novembro, quando bateu a Académica por 3-2. O Vilafranquense soma, agora, 21 pontos, mais oito do que o Cova da Piedade, que é o adversário mais próximo colocado nos lugares de descida. Esta vitória é ainda mais importante quando se sabe que a equipa ribatejana vai entrar, agora, numa fase ainda

mais complicada do calendário, enfrentando três dos principais candidatos à subida. Primeiro, a UDV visita o Nacional da Madeira (dia 16), depois recebe o Farense (dia 23) e, na jornada seguinte, visita o Estoril-Praia (1 de Março). A partida do passado domingo, frente ao Sporting da Covilhã (sexto da tabela), marcou a estreia de Armando

Evangelista no comando técnico da equipa de Vila Franca de Xira (ver caixa). O novo treinador dos ribatejanos introduziu várias alterações no onze inicial por comparação com a opções habituais de Filipe Moreira. Deixou o sistema de três centrais, quase sempre seguido pelo seu antecessor e apostou numa equipa de cariz mais ofensivo.

Novidades foram a titularidade de Rodrigo na baliza, a mudança de Denis Martins do centro da defesa para lateral-direito, a estreia de Kikas (avançado emprestado pelo Belenenses) e a titularidade de Wilson “puxado” para a posição de extremo-direito. O centro da defesa foi entregue a Kassio e a Dirceu (jogador experiente que fez o

segundo jogo pela UDV e esteve em muito bom plano). Começou bem o Vilafranquense, mais pressionante e, logo ao minuto 2, Ulisses atirou forte, mas a bola saiu ligeiramente ao lado do poste. Pouco depois, ao minuto 6, Wilson protagonizou uma boa jogada pelo lado direito, tirando por duas vezes o defesa contrário do caminho

e cruzou para a área. A defesa visitante sacudiu, mas o lateral Furlan aproveitou para rematar forte à entrada da área e fazer o 1-0. Um golo madrugador que se revelou importante para tranquilizar a equipa ribatejana e acabou por dar a vitória aos ribatejanos.

Saiba mais na edição impressa de 12 de Fevereiro do Voz Ribatejana

Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações