• Jorge Talixa

Cáritas dá apoio alimentar a 600 pessoas


Sara Barão da Veiga em entrevista

O envelhecimento médio da população, a falta de respostas para a terceira-idade, o desemprego e o aumento do preço das rendas, são alguns dos problemas sociais que mais se evidenciam na sociedade portuguesa. Vila Franca de Xira não foge à regra e a Cáritas Paroquial apoia 80 utentes nos serviços de centro de dia e de apoio domiciliário

e dá apoio alimentar a cerca de 200 famílias. Em entrevista à Vida Ribatejana, Sara Beirão da Veiga, presidente da Cáritas de Vila Franca, sublinha que a instituição tem conseguido dar resposta às solicitações, mas que os apoios das empresas locais são escassos.

Vida Ribatejana - A Cáritas está vocacionada para apoiar os mais desfavorecidos. Que actividades desenvolve actualmente a Cáritas Paroquial de Vila Franca de Xira e quantos utentes apoia nos serviços interno e externo (domiciliário)?

Sara Beirão da Veiga - Atualmente a atividade da Cáritas de Vila Franca de Xira, centra-se nas valências de Centro de Dia e Serviço de Apoio Domiciliário, que se destinam a pessoas idosas, em situação de dependência física e/ou psíquica e que não conseguem assegurar a satisfação das suas necessidades básicas e/ou a realização das atividades instrumentais da vida diária, nem disponham de apoio familiar para o

efeito. Simultaneamente, estas valências apoiam pessoas com menos de 65 anos que apresentam uma patologia psiquiátrica ou neurológica (status pós AVC, quadro demencial). Esta situação surge pela lacuna, a nível nacional, de estruturas/valências de apoio para esta população. A Cáritas decidiu de forma efetiva, enquadrar utentes

principalmente na valência de Centro de Dia, de forma a garantir a gestão terapêutica (medicação) e atividades ocupacionais possibilitando assim uma integração na comunidade, evitando situações de isolamento social. As duas valências de apoio à terceira-idade apoiam mensalmente aproximadamente 80 pessoas.

Actualmente que apoios consegue dar a Cáritas ao nível alimentar e outros e a quantas famílias/pessoas?

No âmbito do Apoio Alimentar, a Cáritas de Vila Franca de Xira, apoia mensalmente 180 a 200 famílias que se refletem em aproximadamente 600 pessoas, das quais 125 são crianças. De salientar que se mantém a capacidade de resposta a todos os pedidos de

emergência, bem como de integração imediata no apoio regular, sendo inexistente uma lista de espera. Não esquecendo que a Cáritas apoia também a população da freguesia com mobiliário, eletrodomésticos, vestuário e roupa para a habitação.

Contactando diariamente com esta realidade, como é que avaliam a evolução do quadro social na freguesia de Vila Franca de Xira?

Na intervenção social deparamo-nos com uma freguesia em que se denota um envelhecimento da população e que simultaneamente apresenta resistência à integração em serviços de apoio adequados à sua condição. Por outro lado, e apesar

de uma melhoria, o nível de desemprego mantém-se elevado e consequentemente a insuficiência de rendimentos das famílias para fazer face às despesas essenciais ao seu bem-estar.

Qual é perfil tipo dos agregados apoiados?

As famílias apoiadas caracterizam-se essencialmente por famílias monoparentais femininas, idosos com pensões de baixo valor e agregados familiares com pelo menos um adulto desempregado. Todos os agregados apresentam insuficiência económica,

provocada por situações de desemprego, de doença ou pensões baixas. Por outro lado, face à especulação imobiliária, os valores de renda sofreram uma subida exponencial o que dificulta o arrendamento por parte das famílias mais carenciadas.

Sentem que o envelhecimento médio da população e o aumento das comunidades imigrantes trazem novos e mais problemas?

Sabemos que o envelhecimento da população não é uma problemática exclusiva de Vila Franca de Xira, trata-se um problema nacional. As consequências num futuro próximo são do conhecimento de todos. No entanto, instituições como a Cáritas sentem

de forma mais efetiva esta problemática. Os familiares dos idosos padecem, no dia-a-dia, de dificuldades em garantir uma prestação de cuidados adequada, visto que a maioria se encontra integrado profissionalmente. E, por outro lado, o formato das respostas sociais nem sempre coincide com as necessidades da população idosa.

Relativamente às comunidades imigrantes, não temos acesso a números que nos garantam esse aumento e, por outro lado, a Cáritas não considera uma problemática em si. Na nossa visão, estas são comunidades que procuram no nosso país uma oportunidade de trabalho de forma a garantir um melhor nível de vida.

A comunidade local (população e empresas) apoia? E o número de voluntários tem aumentado?

A população de Vila Franca de Xira contribui de forma regular com roupa, mobiliário e eletrodomésticos. No que toca às empresas locais, os apoios que existiam de forma regular atualmente são pontuais. Mas não podemos esquecer que a Churrasqueira do Bom Retiro, na linha de combate ao desperdício alimentar, apoia a Cáritas todas as semanas, com refeições que são distribuídas com o apoio alimentar semanal. O Núcleo

de Vila Franca de Xira da Liga dos Combatentes tem realizado durante os seus almoços/convívio recolha de géneros alimentícios a favor da Cáritas Vila Franca. O número de voluntários da Cáritas estabilizou, sendo que as principais dificuldades prendem-se com facto da Cáritas necessitar de voluntariado durante o horário laboral.

Leitura Recomendada
Procurar por Tags
Siga o Voz Ribatejana
  • Facebook - Black Circle
Facebook
  • YouTube - Black Circle
YouTube
Arquivo do Site

Contador de Visualizações

© 2017 por Voz Ribatejana. Todos os direitos reservados.

Informações

Voz Ribatejana - Quinzenário regional

Sede da Redacção e Administração: Centro Comercial da Mina, Loja 3 - Apartado 10040 / 2600-126 Vila Franca de Xira Telefone geral – 263 281329

Correio Electrónico: vozribatejana@gmail.com director.vozribatejana@gmail.com redaccao.vozribatejana@gmail.com comercial.vozribatejana@gmail.com
Proprietário: Jorge Humberto Perdigoto Talixa

Editor: Voz Ribatejana, Lda

Director: Jorge Talixa (carteira prof. 2126)

Editor Multimédia: Rui Miguel Ferreira Talixa

Redacção: Carla Ferreira (carteira prof. 2127), Joel Balsinha, Hugo Clarimundo, Jesus Lourenço, Hipólito Cabaço, Paula Gadelha (cart. prof 9865)

Área Administrativa e Comercial: Isabel Pinto, Júlio Pereira (93 88 50 664), Afonso Braz (93 66 45 773), Carlos Pinto (96 44 70 639)

Assinaturas: Portugal – 1 ano (24 números) 12 euros - Resto da Europa - 1 ano 40 euros Registo de Imprensa na ERC: 125978

Impressão: Coraze
Redacção: Centro Comercial da Mina, Loja 3 2600 Vila Franca de Xira - Telefone - 263 281 329 . Telemóvel - 96 50 40 300